terça-feira, 27 de julho de 2010

Madonna por Ela Mesma, em 10 Declarações:


1. A sociedade não só discrimina por raça e sexo, mas também por idade. Quando se atinge certa idade, já não se tem mais o direito de ser aventureira, não se pode ser sexual. Existe uma regra? Somos obrigados a morrer?

2. Adoraria ser mais desprendida do meu ego. Mas, se não fosse o meu grande ego, jamais chegaria onde cheguei.

3. Eu quero ser como Gandhi, Martin Luther King e John Lennon - mas eu quero continuar viva.

4. Eu sou dura, ambiciosa, e eu sei exatamente o que eu quero. Se isso faz de mim uma puta, ok.

5. Não ligo se as pessoas rezam para tartarugas ou sapos. Se elas são boas pessoas, é tudo o que me importa.

6. O meu professor de balé era gay e foi a primeira pessoa que acreditou em mim. Fez-me sentir uma pessoa especial e talvez tenha começado aí uma espécie de ligação inconsciente com o público gay.

7. Pobre é a pessoa cujos prazeres dependem da permissão de outra.

8. Quando criança, eu senti inveja de outras garotas por várias razões. Tinha inveja por elas terem suas mães, por elas serem mais bonitas ou mais ricas. Só quando você cresce é que percebe quanto tempo perdeu nesses sentimentos. Agora, evidentemente, eu sinto o inverso. Seja com pessoas tendo inveja de mim e portanto sendo cruéis comigo, seja com garotinhas sentindo inveja da minha filha e se afastando dela.

9. Tenho o mesmo objetivo que tinha quando ainda era menina: quero dominar o mundo.

10. Todo mundo acha que sou uma ninfomaníaca alucinada, que tenho um apetite sexual insaciável, quando a verdade é que preferia mesmo ler um livro.

Uma das melhores músicas e uma das maiores performances da eterna Rainha do Pop.

4 Comentários:

Visão disse...

Depois dessa, acho que vou cultuar a NOSSA SENHORA MADONNA. Amo pessoas com essas determinações.

Lobo Cinzento disse...

"Tenho o mesmo objetivo que tinha quando ainda era menina: quero dominar o mundo."

Talk about ambition...

Nossa senhora, depois dessa frase, até com um pouco de medo fiquei...

All hail Madonna! o/

Wans disse...

"Pobre é a pessoa cujos prazeres dependem da permissão de outra." é minha frase favorita. Acho absolutamente certo!

Sabe que eu sempre achei que Madonna tinha uma atitude blazé em relação aos gays. Nunca senti o amor dela por nós como vemos em Cindy Lauper.

Live to Tell é defintivamente a melhor música que ela já escreveu. A letra, o tecladinho, o vídeo. Puta que pariu!!!!

dogmanstar disse...

acho que às vezes metemos o pau (no bom sentido) nela sem contar que ela envelheceu, amadureceu, virou mãe e possui hoje outra visão do mundo.
não se pode esperar que ela seja a mesma pessoa de há vinte anos....

Postar um comentário

BLOG ENCERRADO!

We Love It:

We Love It:

Seguidores:

DPNN no Facebook

Twitter:

  ©Dois Perdidos Na Noite - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo