domingo, 13 de março de 2011

Meme Literário


Não costumo responder a estas correntes - mas nosso amigo Júlio César Vanelis do blog Sem Cortes e Sem Edição indicou este jogo a alguns blogayros, dentre os quais estamos incluídos. Como gostei da iniciativa e escrevi muito pouco por aqui sobre literatura, nada como aproveitar esta oportunidade. Somos homens de encarar desafios, lá vamos nós. A ideia é responder às questões que aparecem aí na imagem do post, com o objetivo de conhecer um pouco mais sobre o gosto literário dos blogayros que lemos.  É sempre difícil escolher uma única obra, mas como adoro listas, vamos ao "sacrifício".

1 - O livro que eu leria muitas e muitas vezes sem me cansar:

Se há um filósofo que me cativou de cara, esse foi o romeno – nascido na Transilvânia - Emil M. Cioran . Poucos autores conseguem ser tão profundos de forma tão sintética! Ouso dizer que Cioran superou Nietzsche, de quem bebeu na fonte. Infelizmente ele ainda é pouco conhecido no Brasil, apesar de algumas de suas obras terem sido lançadas por aqui. Seu primeiro livro, “Breviário da Decomposição” é uma pérola rara. Vez ou outra pego este livro para reler. Sempre atual, o que dizer de algo como:

“Em todo homem dorme um profeta, e quando ele acorda, há um pouco mais de mal no mundo... A loucura de pregar está tão enraizada em nós que emerge de profundidades desconhecidas ao instinto de preservação. Cada um espera seu momento para propor algo: não importa o quê. Tem uma voz: isto basta. Pagamos caros não ser surdos nem mudos.”

Mesmo em seus momentos mais amargos e pessimistas, dá pra encontrar uma grande dose de poesia:

“O tédio é o eco em nós do tempo que se dilacera, a revelação do vazio, o esgotamento desse delírio que sustenta – ou inventa – a vida.”

Leio e lerei várias vezes, sem me cansar. #ficaadica

2 - O livro que eu escolheria para ler o resto de minha vida:

Com certeza seria algum do maior e mais genial escritor de todos os tempos: Franz Kafka. Hoje em dia temos ótimas traduções em português, então é imperdoável passar por este mundo sem ler pelo menos um de seus livros. Se conseguir ler em alemão, melhor ainda. Dá pra pegar algo mais curto, como “A Metamorfose” ou o conto “O Veredicto” (o texto mais impactante que já li nesta e nas outras vidas). Mas se é pra escolher algo para ler por toda a vida, fico com um de seus romances: “O Processo” ou “O Castelo”. E como são obras mais alegóricas do que narrativas, teria material para muitos anos...

3 - O livro que eu indico para as pessoas lerem:

Uma obra que deveria ser leitura obrigatória em qualquer curso de Humanas: “Manual do Perfeito Idiota Latino Americano”, escrito por  Plinio Apuleyo Mendonza, Carlos Alberto Montaner e Alberto Vargas Llosa. É uma daquelas obras que você lê e fica pensando o tempo inteiro: é isso! No livro, os autores mostram a origem de grande parte do atraso do continente sul americano e de nossa tendência ao vitimismo e a apontar culpados opressores para nossa incompetência e covardia. O livro é muito, muito bem humorado e não deixa pedra sobre pedra na desconstrução dos mitos inventados pela cartilha esquerdopata. Quem é o perfeito idiota latino americano? 

 "Acredita que somos pobres porque eles são ricos e vice-versa, que a história é uma bem-sucedida conspiração dos maus contra os bons, onde aqueles sempre ganham e nós sempre perdemos (em todos os casos, está entre as pobres vítimas e os bons perdedores), não se constrange em navegar no espaço cibernético, sentir-se on line e (sem perceber a contradição) abominar o consumismo. Quando fala de cultura, ergue a seguinte bandeira: 'O que sei, aprendi na vida, não em livros; por isso, minha cultura não é livresca, mas vital.' É o idiota latino-americano". 

Se você é daqueles esquerdistas de boutique que reclamam de opressão mandando mensagens no Facebook pelo seu BlackBerry, mas fecham os olhos para as barbáries de Cuba e China, acha que somos pobres por causa do imperialismo americano, é contra a dona zelite, ama Hugo Chavez, usa camiseta do Che Guevara e tudo mais: a menos que tenha 12 anos, já passou da hora de crescer... Um bom começo é ler essa obra. Não custa nada lembrar, como dizem os autores, ser idiota não é destino, é opção. 

4 - Os 10 blogs que indico a responder este Meme:

Não vou escolher 10 pois alguns já foram citados pelo próprio Julio, mas quem quiser responder em seus blogs, não se esqueça de deixar aqui um recado para eu ir lá conferir...

5 - O Blog que me indicou:


10 Comentários:

Ma disse...

Vou responder no meu, hehe

Adorei esse filósofo citado, e realmente, nunca tinha ouvido falar dele

Não gostei desse layout novo, fiquei mais perdido que cego em tiroteio x.x

abs

Júlio César Vanelis disse...

Ahh... Eu tenho a maior vontade de ler Kafka... Já uvi façar muito dele, principalemtne de "A Metamorfose". Ainda leio algum dia (Bienal do livro que me aguarde.... heheh)
Me interessei bastante pela sua ultima indicação... Sério, tem um pessoalzinho lá na faculdade que me dá nos nervos, que se diz grupo comunista, e blablabla... Pra mim, isso é tudo babozeira... Eu gosto muito da ideologia Socialista, mas de uma maneira muito particular, por isso não levanto essas bandeiras... hahhahahahaahhaha

Adorei as indicações... Ate mo próximo!!! :D

Ma disse...

A obra do Mishima é incrível assim como sua história de vida. O filme da história dele tá é ótimo com uma trilha surreal do Philip Glass.

Confissões de uma máscara é um livro pequeno até, mas é um tanto visceral, nem sei como um escritor como o Mishima foi tão reconhecido por conta da obra, que foi a primeira que escreveu.

Abs

Wans disse...

Tarefa ingrata, mas acho que o livro que vivo relendo é "O panhador no Campo e Centeio.

O escritor que eu sempre leio, releio e continuo lendo é Oscar Wilde equalquer uma de suas obras.

O livro que eu indico seria "Cem anos de Solidão" que é uma das coisas mais lindas do mundo.

Junnior disse...

Estou no blog certo?
Maravilhoso o novo 'layout'. Não que o anterior não fosse, mas este tá show.
Queridos, como sempre, vocês dão aula de cultura e os livros são mesmo exemplares. Lembrar do Kafka (que adoro) foi algo à parte.
Beijos e parabéns pelo bom gosto literário e pelo novo visual.
Beijos.

Alda Bittencourt amour! disse...

Estão de parabéns meus amoures! Não parece, mas titchya andou lendo muita coisa na vida... hoje confesso que estou um pouco preguiçosa... Eu li alguns livros do João Silvério Trevisan, entre eles "Em Nome do Desejo" que é sensacional e de literatura gringa, eu li muita Agaha Christie, Danielle Steel, Sidney Sheldon e O Exorcista, que é necessário pra qualquer alma venenosa e diabólica como a minha!

Viram o e-mail que eu mandei?

Beijo

DPNN disse...

Ainda estou trabalhando no template do blog para consertar algumas coisinhas, apanhando um pouco dos códigos de HTML e CSS, mas a intenção era dar uma cara nova mesmo...

Serginho Tavares disse...

meme interessante este...
legal saber mais de você

beijos

Fred disse...

Que layout é esse???
Gente coisa é outra fina... hahaha!
Gostei do meme.
Hugz!

..::voy::.. disse...

mais que respondeu ao meme e que eu desconhecia por completo os livros citados!!!

abraços do voy

Postar um comentário

BLOG ENCERRADO!

We Love It:

We Love It:

Seguidores:

DPNN no Facebook

Twitter:

  ©Dois Perdidos Na Noite - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo