quarta-feira, 4 de maio de 2011

A Rainha da Dinamarca: Jesus Odeia Bichas!


Se tem uma música que eu tenho ouvido no modo "repeat" é "Queen of Denmark", do cantor e compositor americano John Grant, o moço aí da foto, ex-vocalista da banda indie The Czars e atualmente em carreira solo. Seu primeiro álbum, também chamado "Queen of Denmark", foi eleito por várias publicações como o melhor de 2010. Para mim, também ficou entre os melhores do ano. 

As canções são hiper, mega, ultra drama-queer. O cantor, homossexual assumido, esbanja de seu hiper, ultra, mega vozeirão ao cantar letras intensas como "Sigourney Weaver", "I wanna go to Marz", "Where Dreams Go to Die"  e "Silver Platter Club". Uma das mais legais (tanto a letra quanto a canção) é essa aqui: Jesus Hates Faggots (Jesus odeia bichas):


O som é pop, é folk, às vezes é bem estranho (nos melhores momentos, ao meu ver, um Rufus Wainwright muito melhorado), mas nada se compara à canção que dá título ao álbum. Impossível ficar indiferente ao seu final, quando ela toma uma dimensão cada vez mais crescente. Linda, linda, linda e - já disse isso? LINDA!


Como diria o filósofo Faustão, quem sabe faz ao vivo!

O álbum é "encontrável" nos velhos caminhos virtuais que vocês bem conhecem. 

11 Comentários:

melo disse...

olha, não sou lá muito fã do RW mas vou ver esse aqui.

dos videos eu já gostei e essa JHF é docaraleo!!!!!!!!!!!!!!!!!

engraçado (tô usando muito hoje) como existem vários artistas gayse que nunca chegam a nós...

Junnior disse...

DPNN: eu gostei muito. Mesmo com a 'semitonada' no final do primeiro vídeo, o cara tem vozeirão mesmo. Agora, a segunda, como vc bem disse, é muito lindaaa.
Obrigado por disponibilizar pra gente (irei acrescentar no YouTube).
Bj.. e bom a todos.

Junnior disse...

Bom dia a todos (rs).

Dan disse...

gostei da segunda!
ja vou baixar aqui.

bjo

Fred disse...

Boas! E se Jesus tá dizendo... quem sou eu pra discordar! Hehehe!

DPNN disse...

Junnior, a qualidade do som da gravação amadora não ajuda, mas na verdade quem está fora do tom (e do compasso) é o órgão.

Melo, há muitos artistas gays que não chegam a nós, mas agora com a internet dá para a gente ter contato com muitos mais. Imagina então quantos existiram nas décadas anteriores e passaram desapercebidos?

Paulo Braccini disse...

Gostei muito principalmente da segunda ... a voz e a interpretação lembra muito Rufus Wainwright ... perfeito ...

bjão

Wans disse...

Chgando em casa confiro. Adoro novidades.

Posso dizer uma coisa? Não gosto de ter que clicar tr~es vezes aqui no DPNN. É um pra ler o post, postar um comentário e dar ok! Ma so layout tá ótemo!

FOXX disse...

preciso ler essa letra com calma agora...

DPNN disse...

Foxx, pode ler sem medo... ele não está concordando com a afirmação, mas sim mostrando o que ele cresceu ouvindo, inclusive do pai, o que o levou a pensar em suicídio - e como isso mudou quando deixou de acreditar nas mentiras que ouvia.

Edu disse...

Voltando pra dizer que tô curtindo pacas o CD! Rolando na vitrola (headphone) o dia inteiro. Até já "curti" o John no Facebook e pedi pra ele vir fazerum showzinho aqui... :-P

Beijo!

Postar um comentário

BLOG ENCERRADO!

We Love It:

We Love It:

Seguidores:

DPNN no Facebook

Twitter:

  ©Dois Perdidos Na Noite - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo