quarta-feira, 6 de julho de 2011

Bissexual?


O que raios é uma pessoa bissexual? Existe bissexualidade de fato ou é apenas uma forma de ficar no armário, mas de portas abertas? No post anterior, sobre os héteros do babado, alguns comentários abordaram a questão da bissexualidade, e acho que esse é um assunto interessante para escrever aqui  no blog e para ouvir a opinião e experiência de vocês.

A questão surgiu com relação à suposta bissexualidade do David Bowie. Que ele transou com homens ao longo da vida, até ele confirma. Mas isso faz dele um bissexual? Acho que não, e já respondo com meu exemplo pessoal:  o número de parceiros homens que eu tive nesta vida é a mesma quantidade de dedos que o Lula não tem na mão esquerda. E o número de mulheres foi a quantia de dedos que sobraram na mesma mão. Se a lógica for o número de parceiros, sou mais hétero do que gay. Ou seria um hétero com tendências bissexuais? Nada disso, sou 200% gay! Em tempo 1: em número de relações sexuais, meu lado gay ganha de goleada...Em tempo 2: não era uma tentativa de enganar ninguém, na época eu vivia aquilo com naturalidade, não era nenhuma tortura, e era legal até. Hoje, comparando com meu relacionamento com o maridão, vejo uma diferença gigantesca e percebo que eu sou muito mais feliz assim, em todos os aspectos!  Gay eu sempre fui, só não tinha a carteirinha do clube.

Ninguém vira gay, hétero ou bissexual por conta da prática sexual. Um homem hétero que transa esporadicamente com travestis ou com a bichinha do bairro não é gay, ele é sim, totalmente hétero. Por quê? Porque ele não sente atração pelo fato específico destas pessoas serem do mesmo sexo que ele – duvido até que as veja assim! Esse é, aliás, o motivo para eu não ter uma fantasia típica do gay: “sexo com o cara hétero”. Se na hora “H” um cara me tratasse no feminino, levaria um grandioso chute no saco... Transar, só com quem sente atração pelo que eu sou: um homem.

Qual é a diferença então? Para o bissexual, é mesmo indiferente se a outra pessoa é homem ou mulher, ela sente tesão e afeto igualmente pelos dois gêneros. Realmente tanto faz se é um homem ou uma mulher. Sim, há pessoas que são assim! Eu não acreditava nisso até conhecer uma garota bissexual  e ficar bastante surpreso com algumas coisas que ela me disse.  
No extinto antes de nascerkit gay” havia um filme em que um adolescente se descobria bissexual e ficava feliz ao perceber que tinha 50% mais chances de encontrar alguém. Além do erro matemático, isso não é de todo verdade. A aparente vantagem do bissexual é apenas na possibilidade de encontrar parceiros para o sexo. E isso se ele for atraente, né?

Segundo minha amiga, a coisa se inverte e vira um problemão no que se refere aos relacionamentos afetivos. Quando ela está namorando um cara, sente falta das mulheres, quando está com uma mulher, invariavelmente acaba a traindo com algum homem. Certa vez ela namorou um casal, mas nem assim tudo ficou perfeito: havia momentos em que ela queria estar  só com um deles, e era complicado o outro entender. O bissexual enfrenta dificuldades para se sentir satisfeito com apenas um dos sexos, sempre vai ficar um sentimento de falta. Quem é gay ou hétero está em vantagem neste aspecto, ou não?

Voltando ao bom e velho Bowie do início do post: ele teve suas experiências sexuais com homens (como praticamente todos os artistas dos anos 70), mas sempre manteve relacionamentos afetivos com mulheres, tanto que se define como hétero. Acredto nele: eu mesmo tive relacionamentos com mulheres, mas me defino como gay... Se você não acredita, pergunte ao maridão – ele também passou pela mesma experiência e vai confirmar. 


E você, querido leitor, como fica nessa história? É bi-, tri-, tetra, penta-, hexa- ou "mono-"-ssexual?

21 Comentários:

FOXX disse...

melhor texto EVER!

Diego Hatake disse...

Ótimo texto, mas não concordo com a parte do hétero que transa esporadicamente com a bichinha do bairro ou travestis serem totalmente héteros. Não vejo assim. Não são gays, obviamente, mas não acho que são 100% héteros não... Creio mais naquela escala que Kinsey fez em seus estudos, que vai da pessoa 100% heterossexual até a 100% homossexual. Até porque não acho que por ser a "bichinha" ou o "traveco", referência para pessoas mais afeminadas, diminua o "fator bichisse" do hétero, sabe? É mais questão de como a pessoa se vê... No Japão há pouco tempo atrás segundo li por aí existiam muitos homens que transavam horrores entre si e não se achavam gays, porque a visão deles de gay era aquela super escrachada, travestida, aquele estereótipo que bem conhecemos. Se fosse só por causa das "bichinhas" teria muito gay por aí se achando hétero, porque transa com uma "quase mulher". Mas enfim, uma avaliação dessas é algo pessoal, ou no máximo, para psicólogos e sexólogos...

Anônimo disse...

Concordo com o comentário do Diego.

Não por causa do estudo de Kinsey que nem comprovado foi, mas pelo fato da sexualidade e sua definição ser bem mais complexa do que o exposto no post.

E não se engane, pois muitos desses que se dizem héteros transam não só com travestis, ou afeminados, mas com homens másculos também.Isso sem falar que grande parte deles é passivo em relações com travestis, acho difícil que consigam enxergá-los como mulher.

E mesmo no caso dos que transam com a "bichinha do bairro" aquela velha desculpa de que foi pq não encontraram uma mulher pra comer já não cola mais, já que as mulheres atualmente não saõ castas como antigamente, alías em época nenhuma foi difícil encontrar uma mulher que quisessse dar, elas sempre existiram.Quem transa com outro homem, transa pq quer.

No fim, acho que é mais uma questão de como a pessoa se vê, e geralmente esses homens se rotulam como héteros e não bissexuais,porque o primeiro rótulo é muito mais fácil de se conviver

Edu disse...

Pois é, também sempre achei que o arco-íris da sexualidade humana tem bem mais que 3 (ou 6) cores. Mas atendo-me à bissexualidade, não acho que se possa afirmar que todos os bi sentem falta do outro sexo quando estão com o oposto. É o mesmo que dizer que todo viado macho não se contenta com um parceiro fixo. Cada um é cada um. O que eu não entendo são os relatos de viados que simplesmente não acreditam que existem bissex. Por que não?? Absurdo.

DMalk disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
DMalk disse...

não lembro onde li uma materia que falava que o futuro da humanidade era a bissexualidade, no fundo eu meio que concordo com isso...

Acredito que esses extremismos do tipo, não pego mulher ou não pego homem de jeito nenhum, são puramente culturais...

No fundo sexualidade e só uma maneira se tachar..

Junnior disse...

Repito: bi, hetero ou homossexualdade é, acima de tudo, um modo de vida.
Não adianta sentir atração por pessoas do mesmo sexo se a cabeça não aceita e a pessoa não põe em prática. Pelo contrário, ela se esforça para viver (e vive) como heterossexual.
É difícil de acreditar? Sim. Principalmente para os gays que resolveram, desde cedo, assumir a homossexualidade e não conseguem se imaginar transando com pessoas do sexo oposto.
Mas, a mente humana é capaz de tudo quando há determinação ou negação.
A bissexualidade é igual.
No caso do Bowie, ele está heterossexual e esteve bissexual um dia. Se continua ou não com vontade de transar com homens, só ele poderá responder.
Fato é que ele escolheu continuar sua vida como heterossexual (como muitos).

Lobinho disse...

Eu acredito na bissexualidade.Já tive minha fase hétero,qdo adolescente.Concordo com v qdo fala q é totalmente diferente.

O que nao concordo é com esses gays q se definem bi para sair de um preconceito.

Ah,pincelando sobre o coment do Diego.Japones pensa completamente diferente de brasileiros.A cultura japonesa aceita a homossexualidade até a página 5. Aqui,eles sao obrigados a se casarem.Eu disse casar,nao necessariamente transar com a esposa.Cada povo com sua cultura.
Beijos.

Lady's disse...

ahsuhaushausuah dei muita rizada
pq tive um professor de biologia que sempre dizia deve ser giletinha corta nos dois lados, claro que na sala de aula eu não achava tão engraçado, mas enfim preconceituosos ignorantes..
eu acredito total em bissexual, eu tive um caso por muito tempo com um cara bissex, e a maior pira dele era sair com um homem e uma mulher ao mesmo tempo (claro que essa fantasia ele não realizou comigo ashauhsuasa)

Dan disse...

já tive experiencia com mulheres e por isso afirmo que sou totalmente gay. Apesar de achar que ninguem aqui precisa de rótulos!
Rótulo limita todo mundo.
E eu nao acredito muito em bissexualidade. Acho que o 'bissexual' sempre tem uma preferencia!

bjo pro6!
:D

Diego Hatake disse...

Foi isso mesmo que eu quis dizer Anônimo, a sexualidade humana é muuuuuuuito ampla, e acho que Kinsey foi o que mais defendeu isso, não foi?
E espero não ter dito besteira Lobinho, eu gosto muito da cultura japonesa. =)

DPNN disse...

Bem legais os comentários de vocês!

Eu também acho que nossa sexualidade é bem mais ampla do que os rótulos, por exemplo, acho que a gente chama de "gay" muita gente que é totalmente diferente entre si, mas isso é assunto para outro post. Mas só um pequeno esclarecimento: alguns pontos que foram levantados têm mais relação com fetiches do que com orientação sexual propriamente dita (mas isso também rende outro post). Homo, bi, ou heterossexualidade também estão relacionados ao envolvimento afetivo, à capacidade de sentir amor pelo outro; é preciso levar este aspecto em conta - ele é até mais importante neste caso do que o desejo sexual em si.

Ah, um teste para saber se o cara (ou a garota) é bi, hétero ou gay: coloque uma gostosa e um gostoso e peça para a pessoa escolher... O gay pega o gostoso, o hétero pega a gostosa, o bi pega os dois...

Paulo Braccini - Bratz disse...

nunca tive experiência com mulheres e nem quero ter ... estou bem como sou ... mas acredito sim q a bissexualidade é possível e acho q seria o ideal se todos tivessem esta orientação ... o mundo seria muito melhor ...

Anônimo disse...

Eu acredito em bissexualidade. Tipo, eu me defino como gay (pq meu amiguinho fica feliz com certas imagens de homens e não de mulheres). Mas tipo, eu tenho sonho eróticos com mulheres de vez em quando. Tem estudos contemporâneos sobre sexualidade que mostram que o cérebro tem 3 compartimentos:luxúria (relacionado ao desejo sexual), atração (fase inicial de intenso amor romântico) e o último ligação(sentimentos de profunda ligação com um parceiro de longo prazo - ou seja vc e maridão kkk). Por isso alguem pode ao msm tempo sentir desejo por um um artista, uma atração por algum conhecido e msm assim ainda estar casado (não que com vc seja assim).

Anônimo disse...

Eu sou mulher e hétero, mas não dispensaria uma bela garota hahaha

gostei!

Fred disse...

Eu acredito em bissexual...
Aliás, como disse e reafirmo, pra mim todo mundo é bissexual. Só precisa praticar, ora!!!! E se eu gosto do que gosto ninguém tem nada a ver com isso, né?????
Muito bom!

Anônimo disse...

Sou o Anônimo do terceiro comentário, e concordo com a opinião do Júnnior.É exatamente porque a mente humana é tão poderosa e complexa, que fica difícil chegar a alguma conclusão concreta sobre a sexualidade, o que eu acho bom no final das contas, alguns mistérios devem ser preservados.

Como diz uma música que eu gosto "Justifying the reasons why
Is an absolutely insane resolution to live by"

Como exemplo o Paulo Branccini, que disse ser gay e não ter vontade de transar com mulheres,e que se sente bem como é.E é essa última parte o que importa realmente.

Alex M. disse...

Muito bom! Acredito na -- mas não invejo a -- bissexualidade. Só não acredito na bissexualidade que muitos usam omo desculpa pra não aceitar a própria homossexualidade. Mas existem bi verdadeiros(as), sim! Ou, se preferirem, indefinidos(as), ainda. Em processo...

É razoável aceitar que existam todas as alternativas. Não pra todos. Se não existe pra mim, não quer dizer que não exista.

Já transei com mulheres, inclusive uma namorada, mas nunca fui hetero. Era gostoso demais, mas ela gostava mais do que eu. Hoje sou casado e feliz com um homem. Mas, confesso, sinto mais afeto e amor do que tesão. E não apenas por ele. Sou meio assim mesmo. E aprendi a me respeitar assim. Sexualidade embotada? Sei lá! Se for, que seja!

Sexualidade é algo muito complicado. Aliás, já desisti de entender essas coisas. A vida é curta para tanto. Nem mesmo estou certo do que sou, ou o que já fui. Apenas sei que gosto do meu companheiro e sou feliz com ele.
Mas sempre tive interesse por ver homens, e nunca mulheres, admirei homens, raramente mulheres, e isso me enquadra, se é pra enquadrar, inapelavelmente, como gay.

Bi, homo, hetero, trans. Acho que a alma não tem sexo, isso sim! Ou tem ambas, e todas as inclinações.
Possivelmente, todos tenhamos potencial pras três coisas (homo, bi, hétero), mas a vida acaba nos empurrando numa direção. Alguns ficam sem direção, outros em estradas de mão dupla.

Eu demorei a aceitar, mas gostei e fiquei do lado de cá. Simples assim! Tinha chance de ser diferente? Creio que não, mas também não posso ter certeza do contrário. E, acreditem, a partir de um certo ponto, encontrado o ou um porto seguro, muitas dúvidas deixam de ter sentido.

Lobo disse...

Até hoje, não conheci um bissexual que não se assumiu homo logo em seguida. Coisa minha.

Mas enfim, não nego que bissexualidade equiparada, essa de sentir o mesmo poder de atração pelos dois sexos, possa existir. Deve existir mesmo, do jeito que o mundo é. Eu só nunca vi.

Agora isso de bissexual não conseguir sossegar o facho com alguém, sei lá. Acho que isso tem mais a ver com a pessoa e os seus valores do que com a sexualidade dela.

Anônimo disse...

No caso da menina bissexual e dos homens que já tiveram relações sexuais muito ocasionais com outros homens é possível em se acreditar...

Mas gays que se dizem bissexuais para se sentirem melhor ou então enrustidos que até se casa e se tornam adulteros com outros homens, jamais!!

Até que se prove o contrário 75-90% dos "bissexuais" são homossexuais em sentido de orientação sexual... O restante, são htrs que se consideram bi

http://www.elpais.com/articulo/salud/Existe/bisexualidad/elpsalpor/20050712elpepisal_2/Tes

Se realmente existir um homem bissexual, eu nunca o vi até hj

Anônimo disse...

Sou bissexual tem dia que estou louco por transar com mulher outro dia só penso em homem
e sou feliz assim.
nada contra os gays, mas nao fico preso num objeto só.quando ando no centro da cidade passa aquela menina cheirosa com as pernas de fora e desejo:'que melão hein...oh lá em casa'.De repente um cara atraente passa:'eita gostosão filé di primeira'.Sendo corpinho gostoso...bora!!!

Postar um comentário

BLOG ENCERRADO!

We Love It:

We Love It:

Seguidores:

DPNN no Facebook

Twitter:

  ©Dois Perdidos Na Noite - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo