terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Dois Perdidos (e Molhados) na Banda do Fuxico 2012

Domingão foi dia de Banda do Fuxico, e como prometido, aqui vai nosso relato do que vimos por lá. Como dissemos anteriormente, não tivemos acesso aos bastidores, à produção do evento ou ao palco, mas isso não seria motivo para barrar esta dupla dinâmica. Fizemos nossos próprios crachás de imprensa e lá fomos nós, máquina fotográfica, filmadora, blocos de anotações e tudo mais, para fazer nosso trabalho.

Chegamos ao Arouche por volta das 13h, no palco o DJ já animava o público, que àquela altura ainda era bem pequeno, mas dançava como se tivesse emendado a noite.  Como estávamos com fome, fomos procurar a tradicional feirinha de comes e bebes que faz parte do evento. Não encontramos. Este ano ela não aconteceu, e isso foi o maior problema que vimos: não havia venda de bebidas alcoólicas, nem refrigerantes, nem água – nem comida. Fomos almoçar e abastecer o tanque em outro local e voltamos mais tarde.

Este ano a chuva demorou um pouco mais para cair, mas São Pedro deu as caras. Não foi o dilúvio do ano passado, mas deu para destruir a chapinha de muita trava. Mesmo assim, não houve grandes atrasos e a programação fluiu mais do que na edição anterior.

A tarde começou com o tradicional concurso de cachorrinhos. O vencedor foi o Zeus, que você vê na foto ao lado com sua fofíssima dona, a Isabela! Em seguida foi a vez de outro DJ assumir o palco, neste ano, bem mais caprichado, com um telão de led projetando imagens e jogos de luzes. E o DJ soube aproveitar o clima de carnaval, com um set mais calcado na música brasileira. O público reagiu dançando e cantando. Infelizmente não dá pra dizer que todos os DJs tiveram o mesmo feeling, pois colocar house sem vocal ali deu uma esfriada legal na turma que dançava, apesar da chuva.

Um dos pontos altos da festa é, sem dúvida alguma, o concurso de bate cabelo. As apresentadoras poderiam ter explorado mais os candidatos, com certeza renderiam ótimos momentos de humor, pois é um pessoal pra lá de desencanado que leva a disputa na brincadeira. O concurso ficou tão legal que a gente fez questão de colocar o vídeo na íntegra! Veja aqui. [spoiler] Parabéns ao Peterson, o grande vencedor (posando para o maridão na foto ao lado)! No ano passado ele quase levou, mas 2012 só deu ele![spoiler]

Depois disso outro DJ foi tocar e nós aproveitamos para ir ao banheiro. Havia poucos banheiros químicos lá no Arouche, então tivemos de encarar a fila. E depois fomos procurar algum supermercado aberto para abastecermos nosso "tanque". Quando voltamos a Silvetty Montilla já assumira o comando da festa e o público respondia. Isso até o pessoal que estava lá na área VIP abrir os guarda-chuvas e impedir totalmente a visão de quem estava na platéia. O público começou a vaiar e a Silvetty teve de pedir várias vezes para o pessoal fechar o guarda-chuva... Os mais educados atendiam, mas às vezes eles representavam a minoria, para desespero do pessoal que queria ver os artistas. Maridão e eu estávamos num local que permitia a visão, por isso vocês têm os vídeos e fotos da matéria.

A chuva voltou a cair, desta vez mais forte, e no palco se seguiu a premiação dos destaques e a coroação dos membros da corte da Banda. Muita simpatia (tirando uma que subiu ao palco de cara fechada, maridão não se conteve e gritou para a pessoa pelo menos dar um sorriso ao menos...deve dar pra ouvir seu grito no vídeo...)

Destaque para a performance da cantora Alex Marie. Vozeirão, presença de palco, resultado: saiu do palco com o público pedindo mais! Um cantor também se apresentou por lá, infelizmente não deu pra eu anotar o nome, mas no vídeo vocês podem ver a um trecho da apresentação dele, um tanto prejudicada por problemas técnicos com o som. Mas acho que o maridão nem prestou atenção no som, pois olha a foto que ele tirou no momento (e levou uma porrada na boca na mesma hora, diga-se).

No mundo artístico e no meio gay há pessoas que - infelizmente - são insuportavelmente arrogantes, mas há tantas outras que são um primor de simpatia, caso do Dicésar e do Leão Lobo. Ambos tratam todas as pessoas da mesma forma, dão atenção a todo mundo e não fazem o menor carão! Mas nosso destaque do dia vai para a Mulher Feijoada! Maridão e eu a avistamos lá longe, nós do lado de fora e ela dentro da área VIP. Maridão pediu para tirar uma foto dela, esperávamos que ela posasse lá mesmo, mas ela saiu na chuva e foi até onde estávamos! E, quando falamos que éramos do blog DPNN ela ainda gravou uma mensagem para nossos leitores, está no começo do vídeo lá de baixo.  Humildade e carisma vêm de berço!

Quando ela subiu ao palco, levantou o público como mais ninguém durante a tarde. Muita gente ouve funk carioca e desce até o chão, mas gosta de arrotar cool jazz, indie rock ou house phynno. Ali o pessoal deixou o carão de lado e se acabou cantando e dançando, como vocês podem ver no vídeo aqui (a falta de foco em alguns momentos e porque esta dupla também caiu no pancadão).

Quando começou a escurecer o trio saiu pelas ruas. Maridão e eu logo comentamos que o trio estava muito alto, e bem cheio. Acompanhamos por um pedaço da trajetória, só neste trecho foram várias as paradas por conta dos fios elétricos. Um pessoal em cima do trio não ouvia as advertências da cantora  para que todos se abaixassem, chegamos a ver uma pessoa quase encostar um guarda chuva nos fios elétricos! O trio seguiu em frente e, apenas quando chegamos em casa, ficamos sabendo que ocorreu um acidente exatamente neste sentido: o trio bateu na fiação elétrica e algumas pessoas acabaram sofrendo choque elétrico. Pelo que apurei, o trio teve de ser interrompido em definitivo, mas felizmente ninguém se feriu com gravidade. Não tenho maiores informações a respeito, procuramos informações na imprensa, mas não encontramos nem uma nota sobre o evento ou o acidente, então, se você estava lá, deixe seu testemunho aqui nos comentários.

Assista a um panorama da Banda do Fuxico 2012 nos vídeos que editamos abaixo. Eu fiz a versão em HDTV mas ficou muito pesada e o Youtube não aceitou, então diminui a definição. A qualidade da imagem não está como deveria, mas é o que tem pra hoje:



Raio X da Banda do Fuxico 2012

Público: não sei ao certo, mas eu chutaria umas 5 mil pessoas no horário de pico.
Destaque positivo: diversidade de atrações e estilos, evento bem tranqüilo, sem brigas ou ocorrências, boa presença da polícia, sem grandes atrasos.
 Na trave: a ideia do abadá é boa pelo colorido, mas a corda separando o público vai contra o espírito livre do bloco de rua. O pessoal homenageado deveria variar um pouco, sendo sempre os mesmos fica parecendo uma panelinha e tem bastante gente no nosso meio que merece a homenagem. 
Destaque negativo: lei seca e regime forçados pela falta de pontos de venda de bebidas e comida, muitos problemas com o som, escassez de banheiros químicos - e os VIPs sem noção impedindo a visão do palco com seus guarda-chuvas. 
Roubaram a cena: Mulher Feijoada, o público que encarou a chuva sem perder o pique,  sambistas pra lá de sorridentes;
Deu fuxico: trio literalmente elétrico.

Voltamos pra casa totalmente encharcados, mas valeu a pena ter ido a mais uma Banda do Fuxico. Ficamos na torcida para que os incidentes não se repitam na edição de 2013 – se o mundo não acabar, estaremos lá, é claro!

No nosso perfil do Facebook vocês encontram mais fotos! 


Ps. maridão falou que, se chovesse este ano, deixaria de ser gay... a julgar pelo dia seguinte, acho que ele não vai cumprir seu juramento...
.

14 Comentários:

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

pelo visto o saldo foi ótimo ... queria ter estado aí com vcs ... adooooro ...

minha total e irrestrita solidariedade ao maridão ... tadinho ... de boca quebrada só pq quis fazer o bem com a comunidade ... hummmmm pro cê!

FOXX disse...

soube que o trio quase explodiu, q bom q ninguém se feriu.

DPNN disse...

Bratz, acho que ele deveria valorizar mais o sorriso lindo que tem...

Foxx, era quase uma tragédia anunciada (chuva, fios elétricos, guarda-chuva), eu até brinquei que iria ficar filmando o trio, pois seria um furo jornalístico.

Wans disse...

A gente tava se perguntando o que deveria ter acontecido, já que as 20h nenhum som chegava até em casa.

Mas então, a gente foi e ficou uma hora. Sentamos no bar ali na frente, pedimos uma cerva e ficamos olhando/ouvindo a bagunça. É o que dá para aguentar. Pular carnaval não é a minha.

Fred disse...

Adorei o relatório... sidiverti como se tivesse estado lá... hehehe! E Zeus é tudo! Hugz!

Anônimo disse...

Eu sempre quis ir em um local assim para conhecer e saber como é... tenho muita vontade e cuirosidade. Deve ser muitissimo divertido. Uma vez, na parada gay, subiram vááários travestis no meu onibus, fomos rindo até chegar em casa da bagunca q se tornou. Ótima energia, astral, humor... tudo de bom!!

Fernando Munhoz disse...

Nossa como eu gostaria de ter a oportunidade de aproveitar um troço desses qualquer dia... bom, vou me jogar no carnaval daqui mesmo e curtir. Bjão meninos

::::FER:::: disse...

Nunca fui a um evento como esse!

Junnior disse...

Tenho filmado os eventos de carnaval aqui do Rio e me parece bem diferente do clima daí, de sampa.
Bom, cada um no seu quadrado, o bom é festejar, né? Muito legal a festa, assim como a postagem e as edições.
Bjaum.

Fred disse...

Mas tu daria (ui) um Bob Esponja de primeira grandeza... hehe! Hugzz, babe!

WOOF Brasil disse...

Quem ganhou o concurso foi um urso!! hauahuahu

Anônimo disse...

Seria tão bom,se as pessoas entende-se que a opção de algumas pessoas é particular e não uma aberração como todos falam,o importante é o amor que se flora numa relação,ser gay como eu sou,não me faço sentir diferente de outras pessoas,eu só sei que é bom amar alguém e prá mim isso basta.

Anônimo disse...

A palavra mágica que falta para humanidade,além de simples é confortante e sublime.
Que se chama (AMOR)

Postar um comentário

BLOG ENCERRADO!

We Love It:

We Love It:

Seguidores:

DPNN no Facebook

Twitter:

  ©Dois Perdidos Na Noite - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo