quarta-feira, 10 de março de 2010

Confissões de um não-adolescente



"O indivíduo que se preza só deve satisfação à sua própria consciência; não se junta em milícias para tentar esmagar as diferenças ou anulá-las em nome de valores tornados sagrados porque coletivos ou partilhados por uma maioria." Reinaldo Azevedo

*A vida não é umas cem vezes curta demais, para a gente se entediar com ela?Friedrich Nietzsche


"Alguns elevam-se pelo pecado, outros caem pela virtude." William Shakespeare


Confessionário não é divã... Confessionário que se preze é filme de Almodóvar. As pessoas vão ao confessionário para contar ao padre tudo aquilo que ele gostaria de ter feito... tudo aquilo que elas fizeram, adoraram, e que agora são obrigadas e se arrepender... “padre, eu cobicei a mulher do próximo”; “padre, eu fiz sexo oral no meu marido”, “padre, eu quero fazer sexo oral em você...”, “padre, eu odeio minha família...”, “padre, eu comi uma pizza inteira...” Já pensou que chata a vida do padre se todo mundo fosse ao confessionário dizer que reza todos os dias, que nunca falta à missa, que só pratica atos virtuosos e religiosamente corretos?

Então eu confesso que:

...odeio o politicamente correto. Odeio do fundo do meu coração... ou sei lá eu que órgão é o responsável pelo ódio;

... acho impossível amar todo mundo... eu mesmo seria incapaz.... Amor é artigo de luxo... o meu, então, de extremo luxo! Definitivamente não é pra qualquer um! Felizmente não sou cristão, então não tenho o dever moral de amar meus inimigos, que nem tenho – pelo que eu saiba... Mas se/quando tiver, um dia, quero usufruir o meu direito de odiá-lo plenamente;

...um mundo de harmonia plena é um mundo de falsidade. Além de ser um mundo chatíssimo! Por isso é que não vou pro céu... Ter de agüentar só gente boa, pura, virtuosa, sem vícios ou defeitos, rezando pelo bem do próximo e se amando 24 horas por dia ninguém merece. Nem nos meus piores pesadelos. Como dizem por aí: bons meninos vão pro céu, maus meninos vão pra qualquer lugar;

...não gosto muito de animais, mas adoro gente - mas só gente que mereça ser adorada (o que, evidentemente, exclui os petistas e os adolescentes);

...odeio todo tipo de militante, não importa quão nobre é a causa, todos são malas. Toda vez que vejo um protesto de ecologistas, tenho uma vontade incontrolável de matar uma baleia. Toda vez que ouço um vegetariano fanático, sinto a boca salivar de vontade de comer um belo churrasco;

...o mundo é legal por ser assim, cheio de diferenças, de gente que se ama e se odeia, com pensamentos e ações diversas. Ditadura do pensamento único não rola comigo. Todos são iguais? Não, todos são diferentes, e é justamente aí que esta a graça!

5 Comentários:

Wans disse...

Ai, eu sou petista. Isso quer dizer que nunca vamos nos encontrar para tomar uma cerveja? Isso quer dizer que se algum dia fomos tomar uma cerveja, vc não vai gostar de mim?

01 disse...

Isto quer dizer que, caso a conversa descambe para a política, depois deste encontro, a menos que você seja muito fanático (o que não me parece), com toda certeza o Brasil teria um petista a menos...rs...

Wans disse...

Eu ri. E não, não sou nenhum fanático.

eis_me_aqui disse...

Concordo contigo. O politicamente correto apenas mascara o preconceito, dando-lhe um certo ar de ser bom.

eis_me_aqui disse...

Em tempo: o que acontece então com adolescentes petistas? Ao invés da Disney, Cuba?

Postar um comentário

BLOG ENCERRADO!

We Love It:

We Love It:

Seguidores:

DPNN no Facebook

Twitter:

  ©Dois Perdidos Na Noite - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo