terça-feira, 18 de maio de 2010

Flores Astrais : Secos & Molhados e Ney Matogrosso

Nunca fui muito fã de MPB, disso vocês já sabem. Do rock nacional dos anos 80, gosto de algumas coisas, como Violeta de Outono, Fellini, meia dúzia de canções da Legião Urbana, e daquelas bandas que não queriam ser levadas a sério, como o RPM e o Metrô.

Muita gente acha que Os Mutantes foram a coisa mais genial que surgiu por aqui. Eu discordo. Nunca fui cativado pela loucura dos caras. Para mim, a coisa mais genial que já surgiu em nossas terras atende pelo nome de Secos & Molhados. Eu nem sonhava em ser porra e o Ney Matogrosso já mostrava todo seu talento à frente daquela trupe.
Em plena ditadura, os caras ousavam ao aparecer num visual andrógino, com letras poéticas e uma performance de palco absolutamente desafiadora. Dizer o óbvio é fácil, fazer canções de protesto, dar uma de comunista de boutique e pregar para convertidos e fácil; o difícil é roubar a carteira sem que o dono perceba. E era isso o que o grupo Secos & Molhados fazia.
Tenho ainda viva na minha memória de infância a imagem dos caras maquiados, que na TV em preto e branco ainda dava um ar mais expressionista. O sucesso que alcançaram foi gigantesco.

(Secos & Molhados - Rosa de Hiroshima - 1974)
Originalmente, Ney nem era o vocalista, mas foi depois de sua entrada que gravaram o primeiro álbum, que vendeu mais de 1 milhão de cópias. A música em si misturava elementos brasileiros e latinos, glam rock, até música portuguesa... O sucesso chegou ao exterior, diz a lenda que a maquiagem da banda Kiss foi “inspirada” neles. Fato é que eles estavam muito à frente de seu tempo. Vejam no clipe a seguir, qualquer semelhança com o visual da Lady Gaga...

(Secos e Molhados - Flores Astrais)
Rápido como um cometa, o grupo acabaria logo após o lançamento do segundo disco. Outras formações ainda surgiriam, mas sem o impacto anterior.

Ney seguiria ainda uma sólida carreira solo, vez ou outra resgatando hits do Secos & Molhados, para alegria daqueles que ficaram órfãos do grupo. Volta e meia surgem boatos sobre uma reunião da banda, logo desmentidos pelos ex-integrantes. Considero Ney Matogrosso o dono da mais bela voz masculina em nosso país, e uma das mais belas do mundo. Ele consegue extrair a beleza até mesmo de músicas menores. Isso é talento puro!
Para salvar meu filme com os fãs dos Mutantes, um vídeo do Ney cantado a "Balada do Louco":

Para terminar, deixo vocês com a interpretação de Ney para a música “Poema”, de seu ex-namorado, Cazuza (de quem não sou nem um pouco fã, mas isso é assunto para outro dia):

E que as novas gerações possam redescobrir este tesouro da nossa história musical.

1 Comentário:

Bleffe disse...

Participe da campanha "Música em troca de Fraldas", que visa ajudar às crianças desabrigadas pelas chuvas no RJ:

Música em troca de Fraldas



Dia 23/05 tem Show do #Riounido, que visa ajudar às crianças desabrigadas pelas chuvas no RJ:

#RioUnido

Postar um comentário

BLOG ENCERRADO!

We Love It:

We Love It:

Seguidores:

DPNN no Facebook

Twitter:

  ©Dois Perdidos Na Noite - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo