segunda-feira, 5 de julho de 2010

Homossexuais Portadores de Necessidades Especiais


Nós brincamos bastante aqui no blog, que é um espaço para descontrair do dia a dia, mas, acreditem leitores, também somos homens sérios... Este post é um bom exemplo.
No domingão, enquanto observávamos o trabalho de algumas das ONGS presentes na Festa Julina (ver postagens abaixo), ficamos conversando sobre alguns pontos ainda pouco discutidos em relação ao público gay. Como vocês sabem, o evento visava arrecadar fundos para a criação de um lar para os gays que vivem na rua. Meu amor ficou meio intrigado e me perguntou se existiam pessoas nesta situação. Eu imagino que existam muitas, já que ainda hoje jovens são colocados para fora de casa por conta de sua identidade sexual.

Foi quando pensamos em outro público, que sofre igualmente por conta da falta de condições fornecidas pela sociedade: os homossexuais portadores de necessidades especiais. Você, amigo leitor, que goza de todos os seus sentidos, consegue se colocar por um instante no lugar de uma pessoa assim? Quantas vezes você viu um cadeirante numa balada? Será que é porque ele não quer? Quantas casas noturnas que você conhece possuem rampas de acesso? Quais as dificuldades que um homossexual com deficiência auditiva ou visual enfrenta no dia-a-dia?

Nem todo mundo que possui necessidades especiais nasceu assim. Acidentes de trânsito, a violência urbana, tudo isso deixa milhares de pessoas nesta situação. Qualquer um de nós pode vir um dia a viver sob tais circunstâncias.

Nossa ideia é, num primeiro momento, descobrir quem e quantas são estas pessoas, e, de posse destas informações, pensar em medidas que ajudem a inseri-las no ambiente LGBT. Temos até a ideia da criação de uma “Para-Parada” junto à Parada Gay...

Se você vive nesta condição, ou conhece alguém assim, nos ajude a semear a ideia. Aos poucos iremos divulgando nossos passos por aqui também.

2 Comentários:

Wans disse...

Uau, v cpegou num ponto chave. Realmente não conheço nenhum portador gay e não me lembro de ter visto em bares ou baladas gls. Muito bem argumentado.

dogmanstar disse...

fato.
mas eles existem sim e já meio que namorei com um deficiente auditivo.
realmente eles são jogados pra borda mais extrema de nosso grupo.
acho ótima ideia e ajudo se precisar

Postar um comentário

BLOG ENCERRADO!

We Love It:

We Love It:

Seguidores:

DPNN no Facebook

Twitter:

  ©Dois Perdidos Na Noite - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo