quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Casos de Família - o Programa mais Gay Friendly da TV Brasileira


Sábado passado estávamos conversando sobre o quanto a “comunidade” gay , às vezes, é muito injusta e não reconhece o quanto há gente friendly de verdade neste mundão. Uma destas pessoas é a Christina Rocha. (sim, a gente discute num sábado à noite com a mesma empolgação etílica desde política, filosofia e SBT - e com minhas tardes em casa, não perco nada...). Não sei se ela já recebeu alguma homenagem de qualquer entidade que diz defender os interesses do público gay, mas se até hoje não recebeu... que feio! Já passou da hora! Vale lembrar que muitos grupos religiosos odeiam a apresentadora justamente por causa dessa sua postura.
.
Para quem abomina a TV aberta e se recusa a ver o SBT, nós fazemos um resumo: todos os dias, Christina apresenta o programa Casos de Família. A fórmula é conhecida: pessoas vão até lá falar de um tema, é levada uma pessoa contrária, de vez em quando rola um pequeno barraco e o psicólogo fala ao final. A apresentadora é bastante carismática, e, usando um termo que meu amado sempre faz uso, você percebe que ela não é “de plástico”. Se diverte, dá bronca, tira sarro, enfim, faz parte do show.
.
Isso só não seria motivo para falarmos sobre ela por aqui, mas vamos contextualizar: praticamente toda semana o programa aborda um assunto ligado à homossexualidade, em suas diversas manifestações: já mostrou pais que não aceitam os filhos gays, mulheres que se descobriram lésbicas, concurso de novas drags, de miss travesti, de bate-cabelo, transexuais etc.


Em todos os casos, ela sempre se posiciona do lado de quem está com a razão. Se o gay estiver errado, ela fala na cara. Se alguém se porta com homofobia, ela dá uma bela bronca!


Muita gente reclama que a TV aberta não dá espaço para temas ligados à homossexualidade, particularmente eu discordo, até que o assunto está sempre aparecendo, e cada vez mais sendo colocado como algo natural.


O mais absurdo foi ver que teve gente que não acompanha o programa, tirou uma frase fora do contexto e saiu por aí a acusando de homofobia, porque ela disse que não gostaria de que seu filho fosse gay por causa do preconceito, mas que ela o aceitaria e o amaria de qualquer forma. A patrulha caçadora de homofobia correu pra reclamar, é claro.
.
Já me cansei de ver gente que faz muito menos pela “causa gay” ser homenageada por aí. Que tal descer do salto e prestar uma homenagem a alguém que não teria a mínima obrigação de abordar estes temas, mas o faz com muito bom humor? Eu sei que a turma do mau-humor só enxerga o sensacionalismo, mas um dia eles vão aprender a rir e valorizar o lado trash da vida.
.
O programa Casos de Família vai ao ar de segunda à sexta, das 17h às 18h.
.
Christina, um grande beijo destes Dois Perdidos aqui: para nós, você já é uma Diva!

4 Comentários:

Junnior disse...

Já tem um tempo que não vejo.
Assistia mais quando era apresentado por Regina Volpato, uma jornalista séria e carismática. Depois de sua saída, só acompanhei, no máximo, uns três quadros apresentados pela Cristina Rocha, mas nada a ver com temas LGBTs. Ficarei atento.
Vc tem razão quanto à apresentadora. Eu mesmo, nas poucas vezes que vi, pensei que o SBT havia feito uma troca duvidosa, porém, apesar do estilo diferente das duas, achei a Cristina bem empática e alegre.
Abraços.
Junior.

Wans disse...

Eu a considero hiper gay friendly, mas gostava mais da classe da Regina Volpato que tb era super amiga das gays.

bjs, meninos.

Bruno disse...

Eu AMAVA a Regina. Fina, linda, educadissima, FOFA e tbm era gay friendly.
No começo tbm fiquei meio assim com a Cristna, confesso. Mas baixando alguns episódios do youtube (sobre assuntos gls ou quase) me apaixonei por ela tbm. Totalmente diferente da Volpato, mas igualmente na proposta do programa.

Agora vem cá, O QUE a ridicula da Piovani fez em nome dos gays? Que eu saiba ABSOLUTAMENTE NADA!!!
Só arruma namorados belissimos e desfila com eles na praia. É esse o critério pra ser diva gay? Ahh,vá pra merda!

Olha, sobre o comentário no Bewild... to contigo pra vencermos a lei seca e termos SIM o direito de andar com uma singela metralhadora na mochila, caso algum vagabundo olhe pra nossos maridos.

Fiquei blaster feliz de saber que ele é seu primeiro e estão juntos há tanto tempo. Feliz de verdade.
Quer dizer que tenho grandes chances do meu dar hiper certo tbm. =D

Um beijo e to (per)seguindo vcs.

Lobo Cinzento disse...

Tem tanto tempo que não vejo TV, mas tanto tempo... Não sabia nem que a antiga tinha rodado ahauahauha

Mas sou contra isso de prêmios e homenagens formais pela causa gay, para quem quer que seja. Sei lá, uma coisa que queremos que se torne comum no nosso dia a dia acaba se tornando meio alien quando se existe homenagem para o mais, como se precisasse de um grande esforço para alcançar aquele patamar. É muito controverso...

Postar um comentário

BLOG ENCERRADO!

We Love It:

We Love It:

Seguidores:

DPNN no Facebook

Twitter:

  ©Dois Perdidos Na Noite - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo