quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Gay é um homem com alma feminina?


Fiquei com essa ideia hoje rondando meus pensamentos - pois é, sou loiro, mas penso (às vezes). É que a gente sempre encontra comentários do tipo "gay é feminino", "gay entende a alma da mulher". Então eu não sou gay e acabei de descobrir. Nem meu namorido. Somos hétero e nem sabíamos! Tenho tanta afinidade com o universo feminino quanto pelo pensamento do Lulla. Ou seja: nenhuma. Para mim é exatamente o oposto: ser gay é me identificar com o universo masculino! Gosto tanto, que, além da alma, ainda aprecio o corpo! Até gosto de futebol!
.
O que me incomoda, às vezes, é que, se você é gay, mas não tem trejeitos, não fala miando, não gosta das divas, logo dizem que você é um homofóbico enrustido. Como eu já me acostumei a ser chamado de nazista por me opor à ditadura do pensamento único esquerdista, se juntar o rótulo de homofóbico, vou ter de me matar, afinal de contas, sou gay, tenho sangue judeu e meu namorido não é nem um pouco ariano... (ainda bem)
.
Não aceito que me coloquem num armário que não existe! Da minha parte, pelo menos, é natural. Não forço um ar de machão, não forço a voz, nem fico fingindo ou me segurando para evitar que a franga escape. Maridão, a mesma coisa. Às vezes até fazemos piada imaginando como seria se a gente se travestisse. Para o bem da humanidade, não há a menor chance. Ficaríamos medonhos!
.
Será que temos de seguir um comportamento que se espera do público gay? Não sinto a menor atração por caras mais femininos, nunca senti. Preconceito? Eu chamaria de preferência. Assim como não é preconceito da minha parte não sentir atração por mulheres. (Vá explicar pro cara lá de baixo que ele está sendo preconceituoso...)
.
Não estou dizendo, com isso, que somos melhores ou piores do que quem é mais efeminado. Cada um é do seu jeito e pronto. Só não vale querer que todos sejam iguais. É o grande problema do discurso da "diversidade" fruto direto das idéias de esquerda. Prega-se a diversidade, mas se espera a padronização – e quem não se encaixa, só pode ter algo de errado, então, que seja eliminado! Diversidade de fato é aceitar a diferença, conviver com o oposto - coisa muito distante do ideário esquerdista, convenhamos.
.
Portanto: mie, dê pinta, use crocs, use barba, use calcinha, seja uma Barbie, faça o que quiser. Mas não diga que você faz isso porque é gay. Você faz isso porque é você.
.
A verdadeira graça da diversidade é o que realmente importa: o indivíduo em si, já que a categorização não diz absolutamente nada.

6 Comentários:

Wans disse...

Ótimo texto, meninos. Mas eu bateria no Melo se um dia ele quisesse usar crocs.

Anônimo disse...

Que fuerte!

Darling 01;

Conconco com tudo que disse!

Abaixo a ditadorua do pensamento único!

Junnior disse...

Olá! Creio que você levou ao pé da letra a expressão "lado feminino" ou a interpretou equivocadamente na postagem "Só Narciso Acha Bonito. A nossa Vaidade", do NG.
O texto abordou o fato de que ALGUNS gays, essencialmente os não assumidos, por receio de desconfiarem da sua homossexualidade, preocupam-se demais em afirmar que são menos vaidosos do que realmente são e acabam privando a sua essência e liberdade. Alguns héteros até mostram mais o "lado feminino", ou seja: assumem a vaidade sem pudor e assumem hábitos que são mais comuns nas mulheres, como o uso de cosméticos, depilação, maquiagem e etc (ex: David Beckham e cia) do que estes gays citado acima.
Portanto, o "lado feminino" que foi usado na postagem nada tem a ver com o fato de alguns homens gays serem mais ou menos afeminados.
Abraços.
Junior.

Dois Perdidos disse...

Junnior, aqui em SP há uma militância gay chatíssima neste sentido, você não faz ideia. Basta dizer qualquer coisa que vc é logo considerado homofóbico, como se todos tivessem a obrigação de seguir um padrão de visibilidade que interessa muito mais aos militantes do que ao indivíduo em si. A crítica que fizemos segue mais neste sentido.

Bruno disse...

"Portanto: mie, dê pinta, use crocs, use barba, use calcinha, seja uma Barbie, faça o que quiser. Mas não diga que você faz isso porque é gay. Você faz isso porque é você."

Fechou com chave de ouro!!!

Palmas! \o/

Postar um comentário

BLOG ENCERRADO!

We Love It:

We Love It:

Seguidores:

DPNN no Facebook

Twitter:

  ©Dois Perdidos Na Noite - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo