domingo, 23 de janeiro de 2011

457 Anos de São Paulo!

Não maldosos!, maridão e eu não temos tanto tempo assim. Nesta terça-feira, dia 25, nossa querida, amada e idolatrada, salve-salve São Paulo comemora seus 457 anos, e para festejar a data, vários eventos estão programados. A cidade é gigantesca, possui mais habitantes do que vários países. É claro que ela tem seus problemas, mas suas virtudes compensam e se sobrepõem aos seus defeitos. Sou um entusiasta assumido e não tenho pejo de demonstrar meu amor pela cidade. Pode me chamar de bairrista, o Brasil tem lugares lindos para conhecer e visitar,mas não me vejo morando em outro local... E foi em São Paulo que maridão e eu nos conhecemos! Ambos morávamos em outro município da Grande São Paulo, éramos praticamente vizinhos e nunca havíamos nos visto! São Paulo nos uniu, e São Paulo forma o único ménage à trois que a gente permite no nosso casamento. E nossa estreia como "perdidos na noite" foi justamente no show de comemoração dos 450 anos de São Paulo, quando Caetano Veloso cantou na famosa esquina da Ipiranga com a São João... Argumentos suficientes?
.
Vendo São Paulo pelo lado "gay" da força: indiscutivelmente, ser gay em São Paulo é diferente de ser homossexual em qualquer outro lugar aqui no Brasil. É a cidade com as maiores oportunidades, com o maior e mais variado tipo de vida noturna, com o maior mercado para este público... O fato de ser uma metrópole cria um certo distanciamento entre os habitantes, de modo que, em geral, as pessoas pouco se importam com o que você faz na cama. Sei que muita gente acaba tendo a imagem - totalmente falsa - de que São Paulo é uma praça de guerra contra os gays, o centro mundial da homofobia, que você vai levar uma lampadada se sair na rua... mas é apenas sensacionalismo, e muito disso se deve ao fato de os acontecimentos aqui terem uma visibilidade maior (e muitas vezes haver interesse político em criar esse clima). Normalmente quem diz isso não mora aqui. Temos a maior parada gay do mundo, políticas públicas de inclusão e assistência ao público gay, entre outras coisas. E São Paulo (o estado) é um dos que possuem o menor índice de criminalidade no Brasil, apesar de ter a maior população e mais dinheiro circulando - e os dados não são meus, são do governo federal.
.
Comemorações:
.
Para comemorar a data, foram organizados diversos eventos por aqui. Na região da Praça da República será montado um palco no qual artistas como Maria Gadú, Paulo Miklos, Paulo Ricardo, Nasi, CPM22, Falamansa, Mallu Magalhães, Rappin’ Hood, entre outros, vão cantar 26 canções populares que falam em suas letras sobre a cidade, dentre elas “São Paulo, São Paulo” (Premê), “Sem São Paulo” (365), “São Paulo by Day” (Joelho de porco), “Nós vamos invadir sua praia” (Ultraje a Rigor),”Sampa” (Caetano Veloso), “Saudosa Maloca” (Adoniran Barbosa), “Trem das onze” (Adoniran Barbosa)... O show começa às 19h00. Veja a lista completa das canções e dos intérpretes aqui.
.
Prefere cinema? Ali perto, no Cine Olido, serão exibidos diversos filmes na "Mostra Cidades de São Paulo". Programação completa aqui.
.
No Vale do Anhangabaú, durante todo o dia, será realizada a quarta edição do “Vale da Participação e Parceria”, com nove horas de muita música, dança e atividades sociais no palco principal e nas tendas espalhadas pelo local. Na Tenda das Coordenadorias haverá serviço de apoio dado pelos Centros de Referência de Combate à Homofobia e ao Racismo. Para quem quiser saber mais, aqui.
.
Na Sala São Paulo (ao lado da estação Júlio Prestes),a Banda Sinfônica apresenta, às 18h, o show “Rock Sinfônica”, com a participação especial do grupo Dr. Sin. No repertório, versões orquestradas para clássicos do rock de nomes como Beatles, Led Zeppelin, Black Sabbath, Pink Floyd, Ramones, Queen... no mínimo, curioso. Os ingressos custam R$ 5 (meia) e R$ 10.
.
Procurei por atividades organizadas pelo público gay, mas não encontrei nada além das baladas. Todo ano tem, mas como divulgação definitivamente não é o forte de quem organiza este tipo de evento, deve haver algo, mas provavelmente é segredo.
.
Deixo vocês com um vídeo lindo. A ideia é daquelas que são tão geniais pela simplicidade, que você fica se perguntando “por que não pensei nisso antes?” Ela combina perfeitamente com o espírito do “Dois Perdidos na Noite”, e fica como uma homenagem às nossas andanças pelas madrugadas de SP:


.
Longa vida a São Paulo!

10 Comentários:

Júlio César Vanelis disse...

Se tem uma coisa que admiro em vocês é essa paixão que vocês tem por São Paulo!
Puts, parei e chorei quando eu li o nome de uma pessoa: Paulo Ricardo... Nossa, eu sempre achei ele um gatoooo... kkkk, tudo nele é lindo, inclusive aquela voz rouca dele (Nuss)...
Puts, o que mais me interessou nessa programação foi o show "Rock Sinfônica", deve ser muito maneiro...

Um abraço!!! Boa comemoração para vocês... Até o próximo

Paulo Braccini disse...

Só uma palavra deixo aqui ... MAGNÍFICA.

Parabéns Sampa!

bjux

;-)

Augusto César disse...

Não conheço São Paulo, mas espero pintar por aí em breve... Minha vida está prestes a tomar um novo e próspero rumo este ano. Pelo menos é o que eu espero, rs. Parabéns, SP, e parabéns, perdidos, pela bela homenagem. Abraços calorosos!

Le Voyeur disse...

conheço tão pouco sao paulo e é uma cidade q eu gostaria de conhecer bem mais... até morar aí eu queria. meio q tenho um amor por sao paulo sem explicaçao!

bjs do voy

Edu disse...

Morra SP!! Viva Osasco!!

Ok, inveja do feriadão que eu não tenho porque a Empresa fica do lado errado da Anhanguera. Cu!

Mas aproveitem!! :-)

Wans disse...

Amo muito essa cidade e não há local melhor para se viver.

Quanto ao dia, vou curtir deitadinho na minha caminha com maridón e vendo um ótimo filme.

Sexta-feira fomos beber ali no bar que adoramos ir no Arouche nos perguntando se já não esbarramos vcs.

Lobinho disse...

Nossa,amei o video.Vi duas vezes seguidas.Me bateu uma saudadezinha de S.Paulo.Muitas pessoas dizem que Osaka é uma mini Sao Paulo.Observando o video,lembra Osaka.

Abraços.

Junnior disse...

São Paulo assim, livre e solta? Só mesmo numa noite de um longo feriado, né?
Mas como disse o Maurício Kubruski ontem no Fantástico, não vamos estragar a festa de São Paulo lembrando esse detalhe.
O vídeo é lindo e dá vontade de pegar o carro e passear a noite por São Paulo.
Parabéns, São Paulo! Muitos anos de vida aos paulistanos.

S.A.M disse...

Amém, eu sou um filho que ama muito sua cidade.

Viva SP!

melo disse...

sou bairrista sim!

São Paulo é foda! Só quem mora aqui sabe. fato.

temos essa relação de amor/ódio com ela mas nunca ficamos sem ela ou longe dela por muito tempo.

não desmerecendo as demais cidades do Brasil mas, São Paulo é única, tem de ser daqui pra entender essa coisa que é São Paulo.

EU TE AMO, PORRA!!!!!!

Postar um comentário

BLOG ENCERRADO!

We Love It:

We Love It:

Seguidores:

DPNN no Facebook

Twitter:

  ©Dois Perdidos Na Noite - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo