domingo, 13 de fevereiro de 2011

(Beijo em) Novela é Coisa de Gay?



Estava lendo lá no Identidade G sobre a polêmica do (não)beijo gay em uma novela brasileira, foi inevitável não pensar numa telenovela alemã (pois é, alemão faz novela) que faz muito sucesso por lá, chamada "Verbotene Liebe" (Amor Proibido). No ar desde 1995 (!!!!!!), com várias mudanças de personagens e de elenco, já foi exportada para diversos outros países. Quem acompanha o blog há mais tempo sabe que eu estudei por lá, cinco anos atrás. Foi na mesma época do (não)beijo gay na novela América.
Lembro-me de que eu estava lá no alojamento, no começo da noite, na sala de TV. Havia uma turma de estudantes de várias partes do mundo, e a TV estava ligada. Olho para a TV, começava a telenovela. A primeira cena: duas lésbicas acordavam na mesma cama, se cumprimentavam com um beijo na boca, cada uma seguia seu dia. Na hora, comentei: isso seria impossível de ver no Brasil. Os demais alunos ficaram curiosos, afinal, a imagem que o país apresenta lá fora é de ser liberal. Ficaram admirados, e eu, me sentindo um representante da idade da pedra.
Depois que voltei pro Brasil, acompanhei alguns capítulos da trama pela internet com o maridão. Os protagonistas da vez eram Oliver e Christian. O primeiro, um cara que se apaixona pelo namorado de sua amiga. O segundo, o tal namorado da amiga, um famoso boxeador. As cenas em que ambos começam a se relacionar são muito bonitas. A novela não é exatamente gay, não no sentido de até as samambaias de plásticos serem queer, como vemos em alguns filmes gays americanos e em séries como Queer as Folk. Pelo contrário: os personagens gays estão inseridos no contexto geral da trama. Isso não impede que sejam exibidos longos beijos de língua, nem cenas de sexo (não explícito, mas fortes), exatamente da mesma forma com que são exibidas as cenas de casais heterossexuais. Quer ver o casal em ação?


O sucesso da novela do canal Das Erste levou a emissora RTL a criar um produto na mesma linha, a novela: "Alles Was Zählt" (Tudo o que Importa). É de lá que vem um dos casais gays mais carismáticos da TV: Roman & Deniz. Essa novela eu não acompanhei, mas aqui vai um clipe com os moços em cenas que nem casais heterossexuais protagonizam por aqui:

.

Em ambas as novelas, os personagens gays são apresentados como qualquer outro casal: com brigas, ciúmes, separações, e até casamento civil e religioso. Nenhuma destas novelas passa no meio da madrugada, escondida. São transmitidas no horário nobre.
Aí você se pergunta: por que lá pode e aqui não? Por que o Brasil é um país religioso? Duvido que seja mais do que a Alemanha! Lá é praticamente 50% católico, 50% protestante. Em ambos os casos, praticantes. Até o Papa é alemão... Seria então por que o Brasil é conservador? Novamente discordo: o alemão é muito mais conservador do que o brasileiro. Como explicar, então? Posso dizer que lá a civilização já é fato, aqui ainda estamos caminhando para ela. Lá o casamento gay existe de fato, o gay não está fechado em guetos - existem , é claro, mas para quem opta por isso. Nada mais natural do que a novela abordar esta questão com a mesma naturalidade com que ela é vista nas ruas. E após muitas burrices históricas, o alemão tem uma coisa que eu acho ótima: é cada um por si, ninguém cuida da vida alheia. Ainda vai demorar um bom tempo para você assistir a cenas como estas numa novela brasuca:


Ainda estamos engatinhando neste campo. Nossas novelas começam a mostrar personagens gays com trama que vai além da questão sexual, até porque, entre uma pinta e outra, gays trabalham, estudam, vão ao supermercado, vão ao banco... Só teremos realmente atingido um estágio evolutivo como sociedade quando um autor de novelas puder colocar um adorável vilão gay totalmente inescrupuloso sem que isso cause revolta generalizada. Em suma: gays humanos, com defeitos e virtudes, como qualquer outra pessoa. Hoje, quem fizer isso, estará infelizmente condenado ao linchamento.
Um dos maiores erros da militância gay, a meu ver, foi dar um foco exagerado à questão do beijo gay em novela, como se fosse um evento redentor. Tem seu valor simbólico, mas não é a novela que vai mudar o mundo. Acho que é justamente o contrário: quando o mundo tiver mudado, a novela vai se adaptar para acompanhar. Tenho certeza de que o beijo gay já teria acontecido naturalmente, sem alarde, se os holofotes não tivessem sido focados nesta questão. E agora, se acontecer, já está condenado a ser algo que não teria a menor necessidade de ser: uma polêmica.
Para as garotas que ficaram curiosas para ver o casal lésbico que eu comentei, um presentinho:


Quem quiser acompanhar os episódios de "Verbotene Liebe", há um canal no Youtube só com a trama do casal Oliver & Christian, com legendas em inglês. Mas já vou avisando: como toda boa novela, vicia.

12 Comentários:

Rodrigo disse...

Acho que só o fato de existirem vários personagens gays (ok, as vezes muito caricatos) ja é válido.
Mas penso que falta pouco pro tal beijo, eu sou meio polyana quanto a isso.

Billycious Böy disse...

Também não acho que um beijo gay numa novela vai mudar muita coisa. O que fará mudar mais são cenas de carinho, de ternura entre personagens gays - e não necessariamente o beijo.

Ro Fers disse...

Ás vezes cenas de ternuras, paixão, respeito e carinho, são mais coerentes, pois mostra aos "preconceituosos quadrados" que os gays também são dgnos de um amor, paixão, de um relacionamento a 2, provando o contrário de que muitos pensam, pois infelizmente muitos acham que os gays não têm sentimentos, que são seres promiscuos, nos quais só pensam em sexo...
Gostei dos videos, são bem bonitos...
Forte abraço!

Junnior disse...

Pode se pq na Alemanha o casamento gay já é permitido há mais de uma década. Tema a ver com evolução e civilidade, sim.
Bjos.

Diego Hatake disse...

Sou militante, mas não levo a questão do beijo como algo redentor. É porque eu queria MESMO ver um beijo gay só pra diferenciar. Ao menos uma vez ver um casal de homens se dando bem, e esse de Ti Ti Ti seria perfeito para isso, torço pelos dois, seria lindo... mas sabemos que não vai acontecer. E sou ariano, impaciente, desculpe. XD Se for esperar acontecer tããão naturalmente, acho que nem vou estar nesse mundo pra ver. Essa coisa chamada "civilidade" infelizmente está a passos de tartaruga... Mas que vai acontecer naturalmente vai. Espero!
Enfim, não sei se o beijo iria mudar alguma coisa, só sei que me deixaria muito contente.

DPNN disse...

Acho natural querer ver. Eu também gostaria de ver, mas uma coisa a gente não pode negar: pelo menos no Brasil, beijo gay ainda é algo que a gente só vê no gueto ou entre quatro paredes. São poucos os gays que se beijam fora deste contexto, por medo ou por pudor mesmo. Lá fora isso já é muito mais comum. As mudanças são lentas, mas ultimamente estão mais aceleradas, acho que ainda veremos muita coisa acontecer, sou bem otimista.

Paulo Braccini disse...

perfeita a sua contextualização ... é uma questão de civilidade coisa q nós brasileiros estamos anos luz longe de alcançarmos ...

as cenas postadas são dignas e de extremo bom gosto e naturalidade...

ps: o filme não é nada assim de preciosidade mas contém os questionamentos q postei q valem a pena uma reflexão ...

bjux

;-)

Wans disse...

Pois é, quando Marta Suplicy há juito tempo colocou em questão o casamento entre iguais, achávamos que seríamos pipneiros na causa. Olhando a coisa agora...

S.A.M disse...

Então, acho que está mais proximo do que imaginamos essa mudança de comportamento.

Escuta, acabou comigo essas cenas deles!
:(
haha
Muito lindas

Eu assisti dia desses eles num blog gay latino com legendas em espanhol.

Beijaopros2

Alisson F. disse...

Para quem quer acompanhar a série aqui está o canal com legendas em español
http://www.youtube.com/user/EternityDreamer
Neste mesmo canal tem uma série americana com o mesmo foco chamada As The World Turns

Alisson F. disse...

Para quem quer acompanhar a série aqui está o canal com legendas em español
http://www.youtube.com/user/EternityDreamer
Neste mesmo canal tem uma série americana com o mesmo foco chamada As The World Turns

TOM disse...

Eu amo o Chrystian e o Oliver , pq eles retratam o relacionamento afetivo entre 2 homens através de sentimentos nobres como o amor , romantismo , carinho , ternura , companheirismo , união , lealdade , etc ... e não apenas a sexo ; pois ainda existe gente em pleno 2012 q acha q 2 homens juntos só sabem fazer e pensar 24h em sexo + sexo e + sexo ,como se fôssem compulsivos sexuais , tenha dó !!! Como se um relacionamento amoroso se reduzisse apenas a sexo ! Com certeza quem pensa assim , não sabe e talvez nunca saberá o quanto é bom amar de corpo e alma e ser correspondido da mesma forma e na mesma intensidade !!!!!!! Num amor verdadeiro , o sexo é apenas um complemento e não a razão do relacionamento existir .
Digitei no Google Chrystian e Oliver e apareceu o blog de vcs como uma das opçôes referentes aos meninos da novela alemã . Li o q vcs escreveram e me pareceu correto e vcs(e o blog ) parecem ser legais e de opiniôes interessantes ; acho q vou passar a acompanhar as matérias do blog e provavelmente virarei fã . Parabéns , abraços e VIVA O AMOR VERDADEIRO , O CHAMADO AMOR DE CORPO E ALMA , UMA DELÍCIA ,RECOMENDO A TODOS(AS)
!!!!!!!!!!

Postar um comentário

BLOG ENCERRADO!

We Love It:

We Love It:

Seguidores:

DPNN no Facebook

Twitter:

  ©Dois Perdidos Na Noite - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo