domingo, 8 de maio de 2011

A História Cultural do Pênis


Estou lendo um livro muito interessante e gostaria de divulgá-lo por aqui. Ele se chama Uma Mente Própria e foi escrito pelo americano David M. Friedman. Até aí, nada demais, né? Então lá vai o subtítulo: A História Cultural Do Pênis

A premissa da obra é sensacional: mostrar a importância do pênis na nossa história, a forma como ele foi tratado (ou até maltratado) ao longo dos tempos. De diabólico a sacrossanto, passando naturalmente por Freud, o pênis é personagem principal de muitos enredos descritos e analisados no livro. Um trecho:

"Desde o começo da civilização ocidental, o pênis foi mais do que uma parte do corpo. Foi uma idéia, uma medida-padrão conceitual, ainda que real, do lugar do homem no mundo. Os homens terem um pênis é um fato científico; como pensam a seu respeito, se sentem em relação a ele e o usam, não é. Idéias acerca do pênis variam de cultura para cultura e de época para época. É possível identificar os momentos principais da história ocidental em que uma nova idéia de pênis traduziu o mistério maior da sua relação com o homem e mudou para sempre a maneira como esse órgão era concebido e usado."

Embora o livro seja cheio de referências e o autor se mostre um erudito no assunto, o texto é muito agradável de ler, com boas doses de humor - mesmo não sendo um livro feito para rir, em alguns momentos a tragédia peniana se torna tragicomédia, e o riso é inevitável. 

#Fica a dica:

Uma Mente Própria - A História Cultural do Pênis, David M. Friedman, 304 páginas, editora Objetiva.

Ps. o livro não é ilustrado, tá? Quer dizer, até há ilustrações, mas não é do tipo que vocês estão pensando...


Ps2. Uma das coisas que o livro aborda é a questão de que muitos homens dão um nome ao próprio pênis, pois o consideram um "indivíduo" (a tal mente própria). Eu nunca dei um apelido ao meu (não  aceito sugestões de batismo, ok?). E vocês, já batizaram o respectivo pênis? 

15 Comentários:

Cores da Crise de meia idade! disse...

Risos.....essa foi a enquete mais espetacular....Aliás , senhor DPNN, topas fazer uma pesquisa para minha monografia de Psicologia?
Afrodite e o mundo gay virtual?
Que te parece?
bjs

Lady's disse...

Adoro essas partes diferenciadas da história, as vezes só lutas de classes (meu tema de pesquisa) enchem o saco, Com certeza lerei esse livro
VLW a dica!!!

Serginho Tavares disse...

Gostei muito da dica
Anotadíssima

Beijos

Diego Hatake disse...

Vou procurar ler esse livro.
E não, não dei um nome pro meu pau, mas eu vi um filme que o cara chamava o dele humildemente de "Martelo de Thor". Toda vez que quero sacanear com alguém que dá um nome, eu digo que o nome do meu é esse. Mas nunca liguei pra isso.

Lobinho disse...

Gostei da dica.

O meu tem.kkkkkkk.Nao falarei pq é o mesmo nome de uma blogueiro que entra aqui.
Abraços.

Edu disse...

Putz, o pau do Lobinho se chama "Pampublikong"?? Esses meus fãs...

Quando você largar o livro num "book crossing" da vida me avisa!

Wans disse...

Eu ri porque ía justamente perguntar sobre as ilustrações.

Mas o meu não possui nome. Até teve uma época da minha adolescência que eu o chamei de John, mas não rolava.

Jovem Urso disse...

Olha só, "Uma Mente Própria"... bem propício o nome do livro, já que vivem dizendo que homem não pensa c/ a cabeça de cima, mas c/ a de baixo, hahahaha

Eu não apelido o meu pau não, mas quando surge o assunto, dou a clássica desculpa do "júnior", xD

Paulo Braccini disse...

Interessantíssima ... vou procurar ler ...

Nome para o meu pau? ... ele não foi registrado ... rs

Fred disse...

Tem pênis que é assim mesmo: histórico. Hahahaha! Hugz!

Dan disse...

sem apelidos. acho meio embaraçoso. ahahaha

melo disse...

deve ser ótimo! bela dica!
nunca batizei o meu, acho estranho por nome, parece que são duas pessoas distintas (e são).
o meu é caralho, pau, rola mesmo...nome sujo...

varzo disse...

bom, agora falta saber onde comprar né? na internet está esgotado em todos os lugares...

DPNN disse...

Varzo, o meu eu comprei num sebo. Se eu encontrar mais um, compro para fazer um sorteio por aqui...

Anônimo disse...

O pau do meu namorado tem nome: Babu
e tem personalidade própria....as vezes até fala.

Postar um comentário

BLOG ENCERRADO!

We Love It:

We Love It:

Seguidores:

DPNN no Facebook

Twitter:

  ©Dois Perdidos Na Noite - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo