segunda-feira, 5 de setembro de 2011

O Filme mais Homoafetivo de Todos os Tempos: "Superbad, É Hoje!"

Vou falar de escrever sobre um dos filmes mais subestimados da história do cinema: Superbad, é Hoje! Além de um dos melhores filmes de todos os tempos, trata-se da melhor comédia dos últimos 2.000 anos de civilização ocidental. Não viu? Pois não perca a oportunidade de ver ainda hoje. Maridão e eu vimos juntos, anos atrás, e quase mijamos na calça de tanto rir. Rimos tanto que a vizinha me perguntou o que estava acontecendo! De verdade!

Quem já conhece o blog sabe que só há dois tipos de filme que me despertam paixão: comédia besteirol e terror oriental. Correndo por fora estão as comédias românticas. De dramalhões, já basta a vida. De cinema-cult-hermético-contemplativo-conceitual-europeu-ou-iraniano eu já tive minha dose e hoje não tenho mais o menor saco. Infelizmente ainda rola muito preconceito e as pessoas tendem a considerar "cinema de verdade" apenas os dramas. Quantas comédias já ganharam prêmios de "melhor filme"? Pois eu acho que Superbad mereceria muito mais do que 18 dos últimos 20 vencedores do Oscar...

O filme é um achado! Aqui no país ele foi meio que ignorado (disseram que era "americano demais" - assim como a paralisia infantil, outra doença ultrapassada não dizimada no Brasil é o "antiamericanismo"), mas lá fora obteve excelentes críticas. E nada mais justo, o filme é, de fato, excelente. E nem digo apenas como comédia.

O longa conta a história de dois amigos inseparáveis, Evan e Seth, prestes a se separar, pois cada um vai para uma faculdade diferente. Junte à dupla o nerd Foggel (sabe aquele coadjuvante que rouba a cena?) e a receita está pronta, pois a turma decide fazer uma festa de despedida, com direito a bebidas alcoólicas, primeira vez e tudo o que tiverem direito. 

É  partindo deste enredo manjado que o filme atinge graus incomparáveis de incorreção política. Vai desde policiais sacanas até apologia a trocentas contravenções. Simplesmente sensacional. Mas nem só de piadas é feito o filme: a história tem um toque de humanismo que faz lembrar o grande "Conta Comigo", que fez nossa alegria adolescente na Sessão da Tarde

Se você está se perguntando "o que esse filme faz num site gay?????", eu respondo. É o filme mais gay de todos os tempos! Não no sentido homo-"sexual", mas no homo-"afetivo". A relação de amizade entre os garotos é amor puro! Por mais que eles queiram transar com garotas, amor mesmo é o que existe entre eles. Dizem que amizade é algo que só acontece entre homens. Em se tratando deste tipo de vínculo mostrado no filme, eu não tenho a menor dúvida! 

Deixo vocês com o trailer do filme. Só de rever já ri horrores. Um dos filmes com lugar cativo na minha estante. 


Se você conhece alguém que viu este filme e não gostou, se afaste dele enquanto é tempo e procure pessoas que vão trazer mais alegria ao seu mundo...

Ps. o final de semana foi simplesmente maravilhoso, um dos melhores que passei ao lado do maridão - e me fez lembrar deste filme, por isso o post

12 Comentários:

DMalk disse...

Uia pulei esse filme mas vou tentar arrumar um tempinho...

Pela descrição apaixonada, deve valer a pena...

Wans disse...

Olha, eu vi e não achei tudo isso. Sério! Tá, mas eu não sou chegado a comédia. O último que vi e gostei (antes do final meloso) foi "Pagando bem que mal tem" que é dessa mesma panela. Eu eu sou dessas que gostam de filmes europeus cabeças e contemplativos. Gosto muito!

Wans disse...

Ah, vimos hedwig e Melo teve que pagar a língua.

Paulo Braccini - Bratz disse...

fiquei curioso ... vou assistir

FOXX disse...

ah, eu concordo. vi Superbad, gostei tb, e tb achei um dos filmes mais gays EVER. sobretudo o Seth, a fixação deles por mulheres parece uma forma de compensação e que ao chegar na universidade ele finalmente experimentaria com um homem e descobriria que na verdade não é de mulheres q ele gosta... essa foi a impressão com que sai do filme. mas realmente é ótimo, na verdade os filmes que o Michael Cera se envolve (o Evan) sempre devem ser vistos.

Diego Hatake disse...

Povo, afaste-se de mim então... XD Não vou dizer que odiei, mas teve partes que achei insuportáveis. Não me atraiu o filme, e olha que gosto de muito besteirol... Abraços!

Dan disse...

vou procurar só pq vcs indicaram ok?
rs
bjo

Frederico disse...

Não assisti ainda, mas fiquei curioso,
vlw pela dica

Anônimo disse...

I Am McLovin!!!!!! Ele tem página até no facebook, pq né? É rei!!

Também amo comédias besteirol e estou pouco ligando se é amarecana demais. O que importa é que dá para rir horrores deles e também não tenho muito saco para filmes cult, mas amo terror hahahaha

Superbad é realmente excelente. Eu adoro quando ele vai comprar bebida com identidade falsa com a maior cara de loser e engana até os policiais kkkkkkk muito bom.

Muñoz. disse...

Eu vou baixar hoje. Tô precisando de uma boa dose de bom humor.

Bjos

Serginho Tavares disse...

Querido, eu vi, mas não achei nada disso que você achou não e olha que eu vejo tudo sem nenhum preconceito porque adoro cinema.

rick disse...

Bem, vou conferir. se eu não gostar vou enfiar um pau no seu cú...ah não, vou só mostrar o pau e NÃO enfiar no seu cú !!!

Postar um comentário

BLOG ENCERRADO!

We Love It:

We Love It:

Seguidores:

DPNN no Facebook

Twitter:

  ©Dois Perdidos Na Noite - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo