sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Paredão DPNN: Sexo com Hétero

Um dos nossos ilustres leitores anônimos mandou a seguinte pergunta:

“DPNN, eu sei que o paredão de perguntas já passou, mas eu vou lançar mais uma: em várias postagens em comentário vc disse que não entende pq os gays tem fixação em transar com um hetero. Mas quando vc conheceu o maridão não pensava que ele era hetero? Então vc tecnicamente se apaixonou/sentiu tesão por um "hetero" antes de saber que ele era gay. Como li em outo blog, o que ocorre é que nós gays/bis/etc sentimos atração por homens agora se estes homens são gays/bis/etc já não depende de nós.”

O paredão já foi, mas este tipo de participação de vocês é sempre bem-vindo! Continuem mandando perguntas ou sugestões de temas que vocês gostariam de ver por aqui. Como gostei muito da pergunta, resolvi fazer dela o tema do post de hoje.

Não é que eu não entenda a fixação que alguns gays possuem por transar com homens heterossexuais, o que isso me mostra é que o buraco é um pouco mais embaixo. Mas vamos por partes...

O que leva os gays a essa quase obsessão é uma mostra clara do preconceito que o próprio gay tem em relação aos seus iguais. Sim, verdade seja dita: ninguém tem tanto preconceito contra os gays (e é até homofóbico) quanto os próprios gays!  Dentro do mundinho gay há menos aceitação e tolerância do que se quer mostrar, né? É a lésbica que não se mistura aos gays, os gays “masculinos” que não se toleram os “afeminados”, os travestis que não são aceitos pelos outros gays... E por aí vai!

E o que o sexo com o hétero tem a ver com isso? Bem, um cara que quer transar com (leia-se, “dar” para) um homem hétero única e exclusivamente por ele ser hétero, o faz por um único motivo: a crença de que transar com um hétero é fazer sexo com um HOMEM DE VERDADE.  Ou seja, transar com outro gay é transar com um HOMEM DE MENTIRA. O fato do cara ser hétero é quase um certificado de “macho alfa original”.

Por melhor que venha a ser o sexo (o que eu duvido, já que um gay sabe o que o outro gay curte e vai saber agradar bem mais), acho deprimente transar com um cara que, minutos depois, na presença de amigos, vai fingir que você não existe ou, pior ainda, vai te hostilizar para não ser acharem que ele é gay... Sem falso moralismo, mas sendo sincero, particularmente eu não me submeteria a ser um substituto à punheta, mas não estou querendo ditar regras: cada um tem o direito e a liberdade de escolher como conduzir sua vida sexual. Cada um com seus fetiches e fantasias. Só não vale se apaixonar pelo cara...aí é roubada certa!

Um exemplo disso que eu disse a gente vê nas revistas voltadas ao público gay. Quanto mais próximo do estereótipo do “hétero” o cara da capa for, maiores as chances de venda. Coloque um cara assumidamente gay - ou, mais ainda, um gay afeminado – e a revista vai encalhar nas bancas! Um caso exemplar e de extremo mau gosto foi o daquele ex-marido da Suzana Vieira, que veio a falecer. O cara apareceu na imprensa dando declarações homofóbicas, depois foi preso espancando a amante num motel, e, logo em seguida, acreditem: recebeu proposta de uma famosa revista gay para que posasse nu!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Acho isso revelador da imagem que ela tem de seus "leitores". Se ela o convidou, é porque acredita que venderia...e infelizmente eu acho que venderia mesmo!

Não digo que o gay esteja proibido de ter atração por um hétero “atraente”. Claro que não! Isso é do nosso instinto humano. É algo absolutamente normal, e os homens atraentes estão no mundo justamente para isso... Não é esta a questão. O que realmente me incomoda é ver que os próprios gays se colocam numa categoria inferior ao considerar que o hétero é “mais homem” do que o gay. E isso eu acho que mostra muito mais sobre a nossa real auto-aceitação do que a gente pensa. Freud explica.

Espero ter respondido a questão.

Ps. Sobre o maridão: meu gaydar é ótimo, nunca falha! Quando o conheci achei que fosse gay, depois, quando pensei que o gaydar estivesse com defeito, perdi o interesse por ele e a gente até se afastou por um tempo. Demorou quase dois anos para a água ferver de novo...

Ps. Apesar da chuva e do tempo horrível lá fora (pelo menos em SP), bom final de semana a todos e divirtam-se sem moderação!
.

15 Comentários:

FOXX disse...

gente, milagre, eu concordando com tudo q vc disse... hauahuahaua finalmente um ponto em comum. =)

FOXX disse...

ps: mas eu acrescento um ponto. conheço gays que gostam de pegar heterossexuais pelo desafio, conheço não, tow falando de mim. hauahauahua. eu me divertia pegando kras heterossexuais só pra provar q eu podia. coisas de adolescente, passou.

Anônimo disse...

Eu também concordo com vc!! Não sou o anônimo da pergunta, mas gostei bastante dela e não sabia que vc havia se afastado do maridão um tempão assim.

Também não concordo com este endeusamento aos héteros como se somente eles, fossem Homem com H maiúsculo e tambem concordo com ser motivo de desprezo depois que o cara pega. Vai ser sempre assim, eles fazem isso até com as mulheres, que dirá com um gay iludido kkkkkkk

teago de assumpcao disse...

kkk gostei do texto... muito legal ele..

Junnior disse...

Assinado em baixo.
Junior.

Muñoz. disse...

Assinado em baixo [2].

Inclusive um dos textos de hoje do blog é sobre sexo entre um gay e um hétero.
Excelente final de semana meninos.

Diego Hatake disse...

FOXX se revelandoooooo...
Bem, posso contar aqui um caso meu. Não deitei com ele, é questão de se apaixonar por hétero, só pra explicar. Enfim, esta pessoa se dizia hétero, mas sabe quando o seu gaydar insiste em dizer que tinha algo errado? Tudo bem que meu gaydar às vezes falhou miseravelmente, mas esse caso foi tão estranho que me pego pensando até hoje às vezes. Sabe quando a pessoa faz pose de machão mas no fundo é uma linda poodle rosa? XD Pois é... Mas enfim, águas passadas.
Concordo com o texto (milagre também, LOL), embora saiba que tem gente que curta tentar pegar hétero pelo desafio ou status, mas na maioria das vezes é isso aí, o que é de dar pena.
Já sobre a "revista", bem, há anos se ouvia sobre umas escolhas bizarras de capa... Acho que tal revista atendia a certas pessoas de certo nicho não muito "pensantes" de gays, entende? XD Sei que é ofensivo, mas vamos ser sinceros, a revista vendia pela capa e nada mais. Por um tempo teve algo além de fotos, teve "conteúdo", mas de uns tempos pra cá ficou ainda pior. Nunca deu pra exigir muito dela. Ainda espero por uma revista gay que atenda aos leitores de modo mais intelectual, digamos...
E pra finalizar: então quer dizer que podemos fazer perguntas a vocês sem que seja "paredão"? Oba, se me permitem quero fazer umazinha... Como saber qual dos dois está postando? XD Nunca sei quem é que está postando o texto ou quem está comentando no meu blog. Fico super confuso. Vocês tem dias estipulados para cada um ou não tem nada planejado? Cada um posta quando quiser? Ou é para assimilar que são "os dois" assinando todos os posts? Perdão se a questão foi besta, mas fico em dúvida até hoje... XD Fui!

Luiz Paulo disse...

Acho q igual o Foxx flw, era mais divertido pegar hetero p provar q pode do que por achar mais "homem". Basta ser homem, do sexo masculino, q ja funciona direitinho, fica parecendo q sou viciado em sexo; n sou n so gosto. hehehhe
Abraço

Fred disse...

Ihhhhhh... essa discussão - apesar de pertinente - é muito "muderninha" pra mim.
Sou daquela época que homem é homem - independente do "apito" que toque e tesão é pra ser mais vivido do que teorizado! Hugz!

Cara Comum disse...

Concordo com o texto. E pra mim, isso de querer o cara pq ele é mais homem nunca funcionou. Aliás, o tipo de homem que mais mexe com meus instintos é o cara mais efeminado! Vai-se lá me entender...

Abraços!!

S.A.M disse...

O lance é esse mesmo, se o cara quer só curtir, beleza, mas se apaixonar é assinar atestado de burrice.

Outra, eu concordo com a teoria do "homem de verdade' sob todos os aspectos.

Beijao

Lobinho disse...

Assino em baixo.Conheci um carinha que dizia que só se interessava por hétero.Ele se gabava.Um dia,ele me pegou de mau humor.kkkk.Disse:querido,quem vai sofrer é vc.Ele só vai te comer e ralar.
Conclusao: o gay está sozinho e virgem até hoje.
O povo mais preconceituoso é o gay.Pior que sabem disso e dizem que os outros que sao homofóbicos.Vou te contar,viu...

Marcelo HD disse...

Cara, incrivelmente ótimo seu blog.

Nunca tinha visto um como o seu, tão bem escrito e bem humorado. Parabéns pelo trabalho, pelos detalhes e pela ideia. Show de bola.

Anônimo disse...

Ainda mantenho a opinião de que "héteros" que transam com homens não são héteros, mas em sua maioria bissexuais que preferem mulheres e que se definem assim por razões óbvias.

Acho massa não se prender a rótulos, mas se for para usá-los que usem os adequados.

Certa vez um blogueiro fez uma postagem indignado com o fato de ter percebido que um desses atores pornográficos gay-for-pay na verdade era gay mesmo, e ao descobririr isso deletou todo o material desse ator do seu computador.

O que quero dizer é que essa fantasia em relação a um homem heterossexual é algo construído na cabeça de um gay que possui essa fantasia.Contando que esse gay não saiba que o machão que ele seduziu arranjou um amante fixo, ou até mesmo saiu do armário e arranjou um namorado tá tudo certo, caso contrário seu mundo cai.

Acho que um indício disso é observar que a maior insistência em classificar tais homens como "héteros" parte dos próprios gays, é claro, caso contrário a fantasia não se concretizaria já que esta se baseia no encontro com "um homem de verdade" não um bissexual.

Alías acho curioso o fato de os bissexuais serem tão desacreditados no meio gay,enquanto quando se fala em héteros (que por definição se relacionam com o sexo oposto) transando com homossexuais é a coisa mais natural do mundo.Vai entender...

Anônimo disse...

fernanda sabe das coisas

Postar um comentário

BLOG ENCERRADO!

We Love It:

We Love It:

Seguidores:

DPNN no Facebook

Twitter:

  ©Dois Perdidos Na Noite - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo