sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Dica de Filme: Latter Days

Vai literalmente pular o carnaval e ficar em casa? Que tal um filme para se distrair e esquecer a batucada lá fora e a overdose de bundas na TV? Aqui vai uma sugestão: Latter Days, de 2003. Dirigido e roteirizado por C. Jay Cox, o longa é um dos filmes preferidos do público gay, presente em todas as eleições de "melhores filmes LGBTuvxz" já feitas - embora, só pra variar, a gente não tenha achado que ele seja assim uma Brastemp. 

O filme quase não chegou a ser lançado nos cinemas americanos, devido ao tema mais polêmico do que mamilos que ele aborda, envolvendo o conflito entre religião e homossexualidade. Mas acredito que isso acabou servindo mais para propaganda do que para censura e tornou o filme mais famoso ainda. 

No longa, Christian (Wes Ramsey) - o esteriótipo do gay americano, com aqueles indefectíveis shortinhos jeans curtíssimos, bandeira do arco-íris na porta de casa etc, etc, etc - leva uma vida superficial, trabalha num restaurante e coleciona inúmeros casos amorosos.

Tudo, obviamente, muda com a chegada de novos vizinhos. O problema é que são 4 jovens mórmons. Os colegas de trabalho de Christian fazem uma aposta, para ver até onde iria seu poder de sedução, e ele se vê tendo de conseguir um dos mórmons como troféu. É claro, um dos rapazes (Aaron Davis , interpretado por Steve Sandvoss ) é gay enrustido e parece ser o alvo ideal para Christian.

Por aí você já sabe o que esperar do filme, que segue sem grandes surpresas. Particularmente, achei o filme simpático, mas o drama não me comoveu, e olha que eu estava num dia de chorar até com comercial de margarina. Meu “companheiro de sessão” gostou mais do que eu, mas também não o considera exatamente uma obra-prima. 

É um filme gay para gays - isso poderia ser um elemento de mérito, mas acaba sendo seu principal problema. Latter Days pretende ser um filme de combate ao preconceito, mas prega para convertidos. No filme tudo é gay, até a samambaia de plástico, os personagens que vivem a homossexualidade no primeiro plano da sua vida, tudo gira em torno dela, até os coadjuvantes são gays. Talvez seja este o ponto no qual o filme se perde um pouco, pois sua mensagem não atinge o público que ele pretende “doutrinar”.


Lá no Intercine Gay você pode baixar, é claro. O link está aquiPara que quiser saber sobre outros filmes, aqui há uma lista com os nossos longas LGBTuvxz preferidos. 

Ps. Qualquer casal gay sabe que é difícil manter a concentração no filme quando você está ali com seu parceiro deitado do lado oposto da cama, então minha crítica ao filme pode estar prejudicada pelas inúmeras pausas e momentos em que a última coisa que fazíamos era olhar para a TV...

Ps2: bom final de semana, e - no carnaval ou em casa - divirta-se sem moderação!
.

14 Comentários:

Lobinho disse...

Um filme semelhante é Rock Hard. Final diferente.

Divirtam-se bastante no carnaval!
Abraços.

Anônimo disse...

"até a samambaia de plástico" kkkkkkkkkkkkkk eu ri muito com essa!!

Achei lindo o q escreveu no seu ps. :)

Eu assisti a este filme há uns dois anos e também gostei. Como eu era novo nessa onda de filmes temáticos, lembro de ter adoradoooooooo demasiado este filme, mas com o tempo e vendo outras peliculas sobre o tema, vi que ele é sim, simpático, legal, divertido, mas nao o melhor, embora, eu ainda goste bastante deste filme!!

Adoro suas dicas.

beijos

Anônimo disse...

Dica anotada e com certeza irei conferir o filme. Ótimo blog!!! =)

DPNN disse...

Lobinho, coloquei o link para o pessoal baixar lá no Intercine Gay.

FOXX disse...

bem, eu assisti sozinho e achei mto ruim!

Fred disse...

Esse filme é bacana mesmo! E certo que dinheiro manda buscar a tal felicidade... hehehehe! Hugzz!

Fred disse...

E "sobreviventes dos anos 80" foi TOP. Ri alto... hahahaha!

Marcelo HD disse...

Éeee vc realmente não estava mto atento ao filme. Aliás, pra qm tem como filmes gays preferidos "Brüno " e "Madame Satã", esta não é uma opinião mto confiável. Tá, eu sei q "este blog contém opiniões pessoais explícitas"(redundancia??)rsrsr mas né.. vamo combinar..r.srsr

Junnior disse...

Estou com uma lista interminável de filmes pra assistir e sem tempo. Valeu a dica e ótimo carnaval pra vcs também.

Josy-chan disse...

Esse filme é lindo. A trilha sonora é um show a parte. Chorei baldes, literalmente. Indicadissimo.

Fred disse...

Virge... pelo visto ainda estão "sapucando" esses dois... hahahaha! Bjz ressacados!

WOOF Brasil disse...

Converter religiosos enrustidos não é tão polêmico assim. A não ser que seja um líder religioso. Aí o filme seria mais interessante.

::::FER:::: disse...

Não acho esses filmes na minha cidade que pena!

Serginho Tavares disse...

o filme tem altos e baixo, se tivesse tido uma produção melhor teria conquistado um público mais abrangente, creio eu.

Postar um comentário

BLOG ENCERRADO!

We Love It:

We Love It:

Seguidores:

DPNN no Facebook

Twitter:

  ©Dois Perdidos Na Noite - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo