segunda-feira, 28 de novembro de 2011

New Order no Brasil!



Nesta semana tem show de uma das melhores bandas de todos os tempos, o New Order, bem aqui em SP. É claro que esta dupla dinâmica estará lá para conferir tudo, antes de embarcar para Marte. 

A apresentação do grupo será no Ultra Music Festival (UMF), festival de música eletrônica, com dois palcos, no Sambódromo do Anhembi, que trará os nomes abaixo:   



Em geral eu não curto festivais, mas para ver o New Order vale o sacrifício! A banda é daquelas que não possuem uma única música ruim. Maridão e eu somos fãs, temos todos os álbuns, singles, DVDs... 


(música preferida do maridão)

 

Sem dúvida alguma uma das três melhores coisas dos anos 80 (ao lado de The Cure e The Smiths). E eles prometem um show repleto de hits – além de algumas canções do Joy Division (banda que, como você sabe, deu origem ao New Order, após o suicídio do vocalista Ian Curtis).



(missão impossível, mas escolho uma música preferida)

 

O lado ruim é que o baixista Peter Hook brigou com o resto da banda e não virá, mas a notícia boa é que a tecladista/guitarrista Gillian Gilbert está de volta à trupe. E é New Order, então, não tem como ser ruim!

 

Maiores informações sobre o festival, aqui.


11 Comentários:

FOXX disse...

são tantas bandas "melhores de todos os tempos" nesses blogs aqui
hehehe

Ma disse...

Oh invejinha que sinto eu =[

Bom show pra vocês, queremos um review depois o/

Wans disse...

Melo e eu chegamos pensar em ir. Eu adoraria porque ainda não os vi ao vivo, mas confesso que Peter Hook pra mim é a alma da banda. Embora Gillian é cool demais para deixar de fora. Certo?

Fred disse...

Adivinha...
Eu curto New Order... mas como vivo no c* do mundo não vou poder ver... hehehe!
E com certeza o chato que só faz copia e cola pra divulgar o próprio blog é TRISTE! Boa lembrança! Hugz, man! E aproveita o showwwwwwww!

Serginho Tavares disse...

Este sim será um grande show hein?
Beijos

AugustoCrowley disse...

Nossa, realmente vale a pena ver essa banda.

Anônimo disse...

DPNN, lembrei de você várias vezes hoje ao chegar na faculdade e ler revistas. A primeira foi a Carta Capital (o que você acha dessa revista?), que na nota do editor mostrava a capa de outras revistas (a Veja incluída, cuja capa era a/o Pereirão) e falava sobre a alienação das outras publicações (porque várias revistas semanais mundiais estavam fazendo reportagens sobre a queda do Berlusconi) e falava que a classe média, principalmente a de São Paulo, é reacionária. Depois li na Veja um matéria sobre um grupo neo-nazista atual descoberto na Alemanha. Mas fiquei com um dúvida: a reportagem dizia que eles eram um grupo de estrema direita, mas o nome do partido tinha a palavra socialismo/socialista (o partido de Hitler era também Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães), mas porque tem socialismo no nome e são de direita? E por último, New Order, na wikipédia, entre vários subgêneros, é New Wave, você curte Pretenders, que também é New Wave ou não?
Abraços
O leitor

DPNN disse...

Boa noite, Anônimo (é engraçado escrever isso)

Sobre a Carta Capital, li a revista poucas vezes, gostei de algumas coisas, mas não curti muito alguns colunistas. Não dá pra ter um opinião formada sobre ela, pra te falar a verdade. Mas não dá pra levar a sério qualquer pessoa (ou publicação) que use expressões como "reacionário"...rs... A sociedade como um todo é "reacionária", faz parte da dinâmica normal das relações, do contrário, se todas as mudanças forem de pronto aceitas, tudo vira anarquia.

Pra você ver... há muitos estudos que mostram que nazismo e comunismo possuem muito mais semelhanças do que diferenças (algo que eu devo dizer que acho bem verdadeiro). Tanto é que Hitler até fez pacto de não-agressão com os soviéticos. Ficaria muito longo escrever aqui, mas vale a pena pesquisar. O problema maior, ao meu ver, é que a maioria das pessoas não sabe direito o que é (era) direita e esquerda, as bases ideológicas de cada um. A diferença mais básica é que a direita defende as liberdades individuais (algo bem diferente do nazismo, que se opunha fortemente ao liberalismo econômico e político) e a esquerda defende o bem coletivo acima das liberdades individuais. O resto é decorrente disso. E as extremas acabam levando estes conceitos ao exagero, caindo na caricatura. Um abraço!

DPNN disse...

Ah, eu gosto muito de Pretenders e de praticamente tudo da New Wave (e da Neue Deutsche Welle, a new wave alemã).

Lobinho disse...

Por que vc nao escreve uma coluna sobre Holocausto?Sabemos que vc sabe muito sobre o assunto.Poderá nos dar aulas.#ficadika.

Tb é minha preferida: Bizarre Love Triangle .
Abraços.

Postar um comentário

BLOG ENCERRADO!

We Love It:

We Love It:

Seguidores:

DPNN no Facebook

Twitter:

  ©Dois Perdidos Na Noite - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo