domingo, 28 de fevereiro de 2010

Planet G Club

Dando continuidade a nossa saga de aventuras pela noite gay paulista, ontem fomos conhecer a casa noturna Planet G, no bom e velho centrão de SP. Nossa imagem sobre a casa não era das melhores, a julgar pelos flyers que costumam divulgar suas noites: shows de sexo explícito em todas as versões (entre homens, entre mulheres, entre heterossexuais, e se duvidar, até entre vegetais.), dark room, go-go boys... Mesmo assim digamos que por curiosidade jornalística, fomos lá, com a cara e a coragem, dispostos a conhecer primeiro, para depois julgar.

Logo na chegada, uma fila bem longa, e que avançava a passos de tartaruga com câimbra rumo à entrada, onde duas drags recepcionavam o público – quer dizer, elas mais conversavam entre si, mas de vez em quando se lembravam do pessoal na fila e colocavam alguns para dentro da casa.

Logo que entramos percebemos que o espaço em si é menor do que as outras casas que já visitamos. Mas logo percebemos que existiam outros corredores com cara de pronto socorro, e a casa é até maior do que aparenta.

Desta vez estávamos por lá na qualidade de VIP, então tivemos acesso a todas as partes da casa – menos o dark room, que deve ser bem escondido, pois não me lembro de ter visto, mas deve existir.

O público da casa é o mais misto que vimos até hoje: muitos travestis (muitos mesmo), barbies bombados, bichinhas pão-com-ovo , pão-sem-ovo, pão-sem-pão (enfim, de todos os tipos), “manos” gays, algumas poucas lésbicas, algumas mulheres (e outras que a gente não sabia dizer se eram mulheres), gente nova, gente de meia idade e gente com todas as idades. Enfim, um público realmente diversificado.

O som da casa é muito bom, o DJ dançava junto e parecia de fato estar se divertindo enquanto colocava a galera pra dançar (nada de ficar de costas pro público!). Os sets variavam do pop radiofônico ao tribal. Espalhados pela casa, go-go boys dançavam para a alegria do público, mas nada de apelativo, nada de tirar a roupa, só dançavam mesmo. (como eu sou ciumento assumido elevado à milésima potência, meu “namorido” levou umas boas porradas e chutes na canela por causa dos comentários sobre os go-go boys... )

Ontem, pelo menos até a hora em que fomos embora, não teve os tais shows de sexo explícito. Particularmente eu acho que são até desnecessários, pelo que vimos ontem não é exatamente por isso que o pessoal freqüenta o espaço.

Gostamos bastante do local, exceto pela demora na entrada, e pelo fato de não usarem comanda (essa história de pagar pelas bebidas lá dentro é bem chata). Comparando com outras casas ali da região que já conhecemos, como o Bailão e a Freedom, foi aquela da qual eu mais gostei. O público é divertido, vivo (importante!), o som é atual, a casa não fica abarrotada como as demais, dá pra dançar com espaço. Se a casa soubesse se vender, com certeza teria uma visão melhor na comunidade gay.

Valeu a pena conhecer, e posso dizer que com certeza voltaremos lá outras vezes.

13 Comentários:

Wans disse...

Querido, Planet G não rola pra mim. Fui lá umas duas vezes e fiquei bem decepcionado. Mas é engraçado como esse lance de gosto é bem diverso, não? Legal vc ter gostado.

Anônimo disse...

Planet não é danceteria, é um puteiro de bicha pobre, de lixos e travecos promiscuos. Os mesmos de sempre em busca de sexo gratuito naquele lixo de dark, só denigre a noite gay. Se a boate estava vazia é pq os viciosos estavam lotando o nojeto dark room. Jamais!

Anônimo disse...

Bem, eu já fui diversas vezes, acho sim que o som da casa vale a pena, é lamentável a fila q dorma e parece q a casa gosta disso (deve ter a visão errônea de q mostra movimento), já o fato de ter muitas "bichas" e do dark ser nojento, é uma questão de colocar as pessoas em seu lugar, tem bicha lá q não aceita levar um NÃO mas é assim na maioria dos lugares.
Abraços.

Anônimo disse...

la é muito bom.mas a dona de la é muito ignorante eu naum aguento mais ver sexo ao vivo lá é sempre as mesmas pessoas e pior que entra de menor quando tinha 17 anos entrava de boa meu amigo que tinha 14 entrou também...

Anônimo disse...

TEM GOSTO PRA TUDO GENTE, PORTANTO A MESMA "BICHINHA" QUE VAI NA PLANET VAI TAMBEM NA THE WEEK, QUE VAI NA TUNNEL, QUE VAI NA BUBU, LOCA, DANGER....ENFIM! ACHO QUE SÃO PAULO É GRANDE DEMAIS E ABRIGA TODAS AS TRIBOS, PORTANTO ACHE A MELHOR E SE DIVIRTA-SE!

Nelly disse...

Olá galera, sou Mulher e hetero, fui na planet com um amigo entendido e aaadoooreiii, muito divertido, até beijo no go go boy rolou(enxaguante bucal depois rsrsr)...
Mais é legal, gostei.

Anônimo disse...

Olha!!
Planet G é uma casa como todas, em todo lugar tem sexo não importa se é na planet, na bubu na danger, tem em todos os lugar. se vc não gosta da casa, vá em outra vá curti sua noite, cada um tem seu jeito de curti, fazendo sexo ou não... Blz

Anônimo disse...

cho que tem que tirar os cara que passa com o celular pra iluminar as pessoas quando estao
fazendo sexo ou chupando ele mete o celular acabando com a graca deveria tirar os celulares destas pessoal

Gerson disse...

axo que deveria tirar os travvestis da planet e de todas casas e deveriam fazer uma casa só pra elas...elas saõ do mal mesmo só querem saber de briga e de droga..uuuuóóóóóóó

Anônimo disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, amei o comentário acima... sem palavras, essa pessoa já disse tudo!
Gosto da Planet apesar dos apesares, só me dá desgosto e preguiça de ir quando penso naquela maldita fila... Afffff, é uó! A dona Neusa poderia também ser um pouco mais simpática, é muito séria e mal humorada, mas tá bom, ela deve ter os motivos dela, afinal se dar com travestis não deve ser muito fácil. Adoro travesti, mas tem uns que pelo amor de Deus né, adoram dar rasteiras nos outros e ficam dando close em quem não merece, mas tudo bem, a casa é legal o som Mara e eu me divirto!

Anônimo disse...

A Planet é minha casa, é meu santuario, é minha religião.
E as bonecas são a minha diversão!
Dona Neusa agradecemos vc por ter providenciado, esse vicio todo sabado para nós!
Quem discrimina as bonequinhas foda-se, pois eu to comendo, e vc otario que fica falando mau, fica na punheta seu chupa pau! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

Anônimo disse...

Credo

Anônimo disse...

Olá!Queria saber se neste cinema já rola uma pegação e putaria durante os filmes.

Postar um comentário

BLOG ENCERRADO!

We Love It:

We Love It:

Seguidores:

DPNN no Facebook

Twitter:

  ©Dois Perdidos Na Noite - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo